Epica: "Este será nosso álbum mais pesado"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ronaldo Costa, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A banda holandesa EPICA divulgou recentemente mensagem sobre como andam as gravações de seu próximo álbum de estúdio, ainda sem título.

Psicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia EllerGuitarras e Baixos: Perguntas e Respostas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segundo a nota, a banda terminou apenas a gravação das partes de bateria. "O que podemos dizer é que Ariën [van Weesenbeek, do GOD DETHRONED, baterista contratado pela banda para a gravação do CD) é um dos bateristas mais talentosos do mundo. Estamos muito felizes de tê-lo no novo álbum."

As informações dão conta que Ad Sluijter estaria terminando suas partes de guitarra, o baixista Yves Huts e o guitarrista Mark Jansen estão gravando e, na próxima semana, a vocalista Simone Simons já iniciará o registro das partes vocais. "Nós estamos realmente muito felizes com o novo material. Será, definitivamente, nosso álbum mais pesado até hoje e não vemos a hora de tocar essas músicas para vocês!"

O novo disco está sendo gravado na Alemanha, com produção de Sascha Paeth. A banda ainda não divulgou o nome do substituto definitivo do baterista Jeroen Simons, que deixou seu posto no ano passado.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Epica"


Epica: Simone Simons sempre tenta dar um bom exemploEpica
Simone Simons sempre tenta dar um bom exemplo

Simone Simons: a nudez na capa de Divine ConspiracySimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy


Psicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia EllerPsicografia
Uma suposta carta do espírito de Cássia Eller

Guitarras e Baixos: Perguntas e RespostasGuitarras e Baixos
Perguntas e Respostas


Sobre Ronaldo Costa

Nascido na capital paulista em meados dos anos 70, teve a sorte de, ainda bem jovem, descobrir por meio de um primo o debut do Iron Maiden. Quando ouviu "Prowler" pela primeira vez, logo entendeu que aquilo passaria a fazer parte de sua vida. Gosta sobretudo dos clássicos, como Maiden, Judas, Sabbath, Purple, Zeppelin, Metallica, AC/DC, Slayer, mas ouve desde um hard bem leve até um bom death metal. Além da paixão pelo metal e pelo rock em geral, também adora cinema e um bom futebol.

Mais matérias de Ronaldo Costa no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336