Boston: desentendimentos após suicídio de Brad

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar Correções  

A banda BOSTON tocava a alma das pessoas nos anos 70 com sucessos como 'More Than A Feeling' e 'Peace Of Mind'. Mas, semanas após o suicídio do vocalista Brad Delp em sua casa em New Hampshire [EUA], há mágoas em toda parte.

Os membros atuais da banda, incluindo o principal compositor e fundador, Tom Scholz, não foram sequer informados sobre o funeral de Delp, que teve a presença de antigos membros da banda que se opuseram a Scholz em uma disputa legal nos anos 80.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na semana passada, Micki, ex-esposa de Delp, foi citada num programa de rádio como tendo afirmado que Delp estava tenso devido aos conflitos em sua vida profissional e que ficou deprimido depois que um amigo de longa data, Fran Cosmo, foi cortado da formação do Boston que participou de shows em meados do ano passado. A história se espalhou pela web, onde começaram brigas feias entre fãs que tentavam entender as razões do suicídio de Delp.

Scholz, que chamou Delp de "meu melhor amigo e colaborador na música por mais de 35 anos", disse que ficou arrasado com o suicídio de Delp e sua exclusão do funeral. Agora ele acha que está sendo injustamente culpado pela morte de Delp.

"O que foi arrasador na primeira ligação telefônica virou um grande pesadelo", disse Scholz à The Associated Press na sexta-feira, numa emocionada entrevista por telefone, a primeira desde a morte de Delp no dia 9 de março.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Disseram-nos que somente sua família mais próxima compareceria (ao funeral) e obviamente não foi isso o que aconteceu", disse.

Um advogado de Scholz enviou uma carta a Micki Delp na sexta-feira exigindo um pedido de desculpas. Ela não respondeu imediatamente na sexta-feira a um e-mail da The Associated Press através do assessor de imprensa que cuidava das declarações da família.

publicidade

Boston cancelou seus compromissos do meio do ano e Scholz disse que ele ainda espera que as diferenças possam ser resolvidas e que a banda possa fazer parte de uma homenagem póstuma que já está sendo preparada, conforme disseram na semana passada os filhos de Delp e sua noiva, Pamela Sullivan.

As tensões entre Scholz e alguns dos membros originais da banda começaram no início dos anos 80, quando a CBS Inc. processou a banda pelo atraso na gravação de novos álbuns. A Epic Records, selo pertencente à empresa, lançou os dois primeiros álbuns da banda: "Boston", de 1976, e "Don't Look Back", de 1978.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Scholz respondeu com um processo pelos direitos ao nome e à música da banda. Três membros originais – Barry Goudreau, Sid Hashian e Fran Sheehan – testemunharam em favor da empresa, que perdeu. Goudreau é cunhado de Micki Delp, que sempre ficou do lado dos membros demitidos.

Delp, o único membro além de Scholz cujo nome estava no contrato de gravação com a CBS, continuou sendo amigo de todos, fazendo turnês e gravando com Scholz e os outros ao longo dos anos. Ele também fundou uma banda-tributo aos BEATLES, a BEATLE JUICE.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Scholz escreveu, produziu e mixou quase todas as partes instrumentais do primeiro álbum, mas ele disse que Delp o ajudou a refinar e a trazer vida às músicas.

"Um ‘lick’ de guitarra que não fazia sentido algum se transformava numa música de verdade assim que ele abria a boca. Isso era o que sempre acontecia", disse Scholz. "Tínhamos uma relação de trabalho muito, muito próxima. Era como se fôssemos amarrados por um cabo, juro. Quase sempre não precisávamos nem mesmo falar".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Scholz e Delp eram vegetarianos e pacifistas, doavam seu dinheiro e talento a causas nas quais acreditavam e ambos pediram a mão de suas namoradas de longa data no Natal de 2006 colocando alianças em suas meias – eles só souberam da coincidência numa conversa posterior.

O primeiro álbum da banda foi um sucesso estrondoso e permanece como o álbum de estréia de maior sucesso de todos os tempos, de acordo com a Billboard, vendendo mais de 16 milhões de cópias. A música dos primeiros anos do Boston ainda é obrigatória em estações de rock clássico, especialmente na região da Nova Inglaterra.

A rádio 96.5 FM (The Mill) de Manchester, em New Hampshire, planeja um tributo de duas horas ao Boston no domingo, apresentando trechos de entrevistas com Delp feitas ao longo dos anos. O diretor do programa, J.C. Haze diz que lembra de ouvir o primeiro álbum da banda: "Tom e Brad faziam um som tão diferente que conquistou o mundo", disse. "Ninguém se igualava a eles na época e ninguém se igualou a eles até hoje".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Blend Guitar: os dez álbuns de Rock mais vendidos nos EUABlend Guitar
Os dez álbuns de Rock mais vendidos nos EUA

Gigantes do Rock e Metal: alguns músicos muito, muito altosGigantes do Rock e Metal
Alguns músicos muito, muito altos


Zakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músicoZakk Wylde
Foto do arsenal de guitarras do músico

Pink Floyd: The Wall é uma obra de arte conceitualPink Floyd
The Wall é uma obra de arte conceitual


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

Cli336 CliIL Cli336 WhiFin Cli336 Cli336 Cli336 Cli336