Extreme: Bettencourt diz que turnê está sendo memorável

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ligia Fonseca, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O guitarrista Nuno Bettencourt, da recém-reunida banda EXTREME, soltou a seguinte nota.

Lista: os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990

Led Zeppelin: a origem do anjo símbolo da banda

"Acabamos a parte Europa-Reino Unido de nossa turnê.

Embora realmente precise falar com todos que foram ao show curtir rock conosco, estou sem palavras para descrever como nós, do EXTREME, nos sentimos com relação a isso tudo, o que é um milagre considerando que eu sou quem mais fala na banda, mas vou tentar.

Esta turnê foi uma das experiências mais maravilhosas e memoráveis da minha vida! De verdade, show após show, vocês nos impressionaram com sua paixão. Precisei de toda a minha macheza para não chorar na frente do que agora sei que são NOSSOS fãs. É isso aí! Fãs do EXTREME! Cara.... as emoções pelas quais vocês fizeram a banda passar foram simplesmente incríveis. Do segundo em que as luzes se apagaram até o último momento em que agradecemos e nos despedimos de vocês, não queríamos mesmo ir embora... Se não fosse pelo horário dos lugares, teríamos tocado por três horas em vez de duas. Também nunca sorri tanto no palco... Tenho novas rugas para provar isso.

Não sei... acho que éramos muito jovens ou imaturos para perceber isso antigamente... mas não há nada mais poderoso do que a eletricidade que rolou entre a banda e vocês... nossos fãs. Tentamos fazer contato visual com todos, mas sabemos que é impossível... sabendo que não era suficiente, queríamos pular e abraçar o máximo de gente possível...

Para quem não conseguimos ver, abraçar e beijar, sentimos e ouvimos vocês, e foi muito legal ver uma nova leva de fãs jovens do EXTREME... emocionante! E o mais legal foi que cada país e cidade mostrou seu próprio jeito de se expressar. As cidades pequenas, onde falaram que não era necessário ir? Besteira! Vocês provaram que eles estavam errados... Valeu cada quilômetro viajado.

Quando tentei explicar as sensações e a gratidão durante 'Am I Ever Gonna Change', ainda achei que não havia palavras para descrever como vocês são importantes para nós... Vocês são o elo perdido, sem suas vozes e seu amor, somos apenas outra banda... em reunião e existindo. Vocês, por outro lado, nos fizeram sentir em casa, ofereceram não apenas uma cama, mas também lençóis limpos, travesseiro macio, leite e biscoitos... E nós agradecemos. Por favor, deixem a luz acesa, pois VOLTAREMOS logo para dormir aí outra vez, e mal podemos esperar. Desculpe ter demorado tanto tempo.

Para todos os nossos fãs na Ásia, América do Sul e EUA, além dos países europeus onde não fomos desta vez... estamos chegando".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lista: os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990Lista
Os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990


Mulheres: 10 músicas que ajudarão a conquistá-lasMulheres
10 músicas que ajudarão a conquistá-las

Guitar World: os 20 melhores álbuns de Hair Metal dos anos 80Guitar World
Os 20 melhores álbuns de Hair Metal dos anos 80


Led Zeppelin: a origem do anjo símbolo da bandaLed Zeppelin
A origem do anjo símbolo da banda

Hall Of Fame: 500 Músicas Que Marcaram o Rock and RollHall Of Fame
500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll


Sobre Ligia Fonseca

Tradutora, formada em Jornalismo pela PUC-SP, resolveu mudar de carreira quando percebeu que gostava mais de traduzir do que de escrever textos. Descobriu o rock aos 5 anos, ao assistir o clipe de "I Love it Loud" do Kiss.

Mais matérias de Ligia Fonseca no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin