Judas Priest: Hill escreve introdução do livro de Al Atkins

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Faria, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 05/01/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baixista do JUDAS PRIEST, Ian Hill, escreveu a introdução da biografia do vocalista original do PRIEST, Al Atkins, intitulada "Dawn of the Metal Gods: My Life in Judas Priest and Heavy Metal". O livro, que foi escrito com Neil Daniels - um escritor freelancer de rock e fã de heavy metal que fez amizade com Atkins durante a escrita do livro de Neil "The Story of Judas Priest: Defenders of the Faith" (Omnibus Press) - será lançado na primavera pela Iron Pages.

339 acessosIn This Moment: cover de Phil Collins e dueto com Rob Halford5000 acessosQuando shows dão errado: 25 apresentações desastrosas

Atkins comentou: "O livro vai ficar fantástico! Terá muitas fotos legais e memorabilia antiga do PRIEST e tenho confidência de que é material raro, como uma foto da primeira gravação do JUDAS PRIEST."

O livro terá colaborações de:

* Bruno Stapenhill (JUDAS PRIEST - primeira formação)
* Ernie Chataway (JUDAS PRIEST - primeira formação)
* John Ellis (JUDAS PRIEST - segunda formação)
* Trevor Lunn (JUDAS PRIEST ex-roadie)
* David Howells (Gull Records)
* Dave Corke (JUDAS PRIEST ex-empresário entre 1970-'76)
* Norman Hood (IMA Agency)

Atkins adicionou: "Obviamente não é tudo sobre o PRIEST: Eu vou falar sobre minha antiga banda LION, minhas viagens pela Europa e minha carreira solo até a minha última banda THE HOLY RAGE. E isso não é tudo porque alguns dos meus bons amigos e pessoas que admiro que também contribuíram como Dennis Stratton, Paul Di'Anno, Jess Cox, Brian Tatler, Johnny Lokke, Graham Bonnet, Taz Taylor e Simon Lees".

Em um artigo anterior no seu web site, Atkins revelou seus motivos para escrever uma autobiografia: "Já faz algum tempo que eu quis escrever meu próprio livro com algumas grandes idéias juntas. Claro que haverá algumas grandes histórias dos meus poucos anos no PRIEST, mas também muita informação sobre o cenário musical em Birmingham e as West Midlands nos anos 60. Eu conhecia bandas como SLADE, TRAPEZE e THE BAND OF JOY. Eu vi CREAM ao vivo, fiquei amigo do BUDGIE e abri para ROD STEWART. Também, eu estava em uma banda chamada LION no final dos anos 70 e nós abrimos para SEX PISTOLS e THE STRANGLERS. Eu também tive uma carreira solo e lancei cinco álbuns até agora; meu novo CD se chama 'Demon Deceiver'. Acho que vai ser uma leitura interessante. Também haverá muitas fotos dos anos iniciais do JUDAS PRIEST e fotos de tickets, posters, memorabilia etc".

A descrição do livro é a seguinte: "Al Atkins é o ex-vocalista e fundador da banda britânica de metal que vendeu multimilhões de álbuns, o JUDAS PRIEST. Mas quando foi que tudo começou?"

"Durante os anos 60, quando a aclamada era do Brum Beat produziu bandas como THE MOVE e THE BAND OF JOY, Atkins tocou em várias bandas locais, algumas das quais deixaram uma estrutura para os sons progressivos e mais pesados do início do JUDAS PRIEST. E então foi em 1969 que um desiludido Atkins decidiu tentar formar mais uma banda com seu amigo de infância Bruno Stapenhill. A banda em questão era o JUDAS PRIEST".

"O JUDAS PRIEST rapidamente construiu uma reputação nas Midlands de uma banda poderosa ao vivo e até conseguiu firmar um contrato com a Immediate, que era propriedade do ex-manager do ROLLING STONES, Andrew Loog Oldham. Infelizmente a Immediate fechou e isso trouxe o fim do PRIEST. Sem se desmotivar, Atkins armou outra formação do PRIEST em 1970 com o guitarrista K.K. Downing e o baixista Ian Hill. A pedido de Atkins, Downing e Hill se livraram do nome FREIGHT e ressuscitaram o JUDAS PRIEST. No começo dos anos 70, o PRIEST abriu para muitas bandas, como SLADE, STATUS QUO e BLACK SABBATH. As mudanças de formação continuaram até maio de 1973 quando Atkins finalmente decidiu parar".

Atkins é o co-autor de várias músicas do PRIEST que estão inclusas nos dois primeiros álbuns da banda, "Rocka Rolla" e "Sad Wings of Destiny". Atkins ajudou a escrever o clássico do heavy metal "Victim of Changes" que foi uma combinação da música de Rob Halford, "Red Light Lady" e a música de Atkins "Whiskey Woman". Ele também ajudou a compor "Winter", "Never Satisfied", "Dreamer Deceiver" e "Caviar and Meths".

Em 1989 Atkins lançou seu álbum solo "Judgement Day" e obteve um relativo sucesso. Mas foi o "Heavy Thoughts" e "Victim of Changes" (o último sendo um album colaborativo com o ex-baterista do JUDAS PRIEST Dave Holland) que trouxe a ele bastante vendas e sucesso de crítica pelo mundo. Recentemente Atkins formou a banda THE HOLY RAGE e tocou na Califórnia ao lado do ex-vocalista do RAINBOW, Graham Bonnet.

No "Dawn of the Metal Gods", Atkins compartilha sua divertida história de vida com o leitor. Não é somente um livro para fãs de JUDAS PRIEST, mas uma bíblia para todos que gostariam de começar uma banda no mundo tumultuado do heavy metal.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MastodonMastodon
Dailor sofreu após Hinds dizer que Judas Priest não é metal

339 acessosIn This Moment: cover de Phil Collins e dueto com Rob Halford528 acessosJudas Priest: banda lança jogo oficial "Road To Valhalla"515 acessosJudas Priest: álbum clássico "Sin After Sin" completa 40 anos762 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

GibsonGibson
Os 10 riffs mais incríveis dos anos 80

Rob HalfordRob Halford
Encarnando um padre em comercial junto com atriz pornô

Sounds EntertainmentSounds Entertainment
As melhores músicas do Heavy Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"

DesastresDesastres
Mortos e feridos em apresentações que marcaram a história

VelocidadeVelocidade
Top 10 de músicas de Metal para ser multado

Em 28/12/2009Em 28/12/2009
Morre o baterista Jimmy "The Rev" Sullivan

5000 acessosGuitarristas: os sete mais influentes de todos os tempos5000 acessosAs regras da NWOBHM5000 acessosMetalhead: as mulheres mais sexys do Heavy Metal5000 acessosKerrang: Os 5 melhores álbuns feitos em pouco tempo5000 acessosAnthrax: Spitz afirma que Jesus é a razão de ele ainda respirar5000 acessosRockstars: comprovado cientificamente porque as mulheres os amam

Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online