Mike Portnoy: "bootlegs do Led, Beatles, Metallica e Maiden"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Noisecreep, Tradução
Enviar Correções  

O baterista do DREAM THEATER, Mike Portnoy, recentemente comentou sobre sua posição referente aos bootlegs que se tratam de gravações não autorizadas de áudio ou vídeo do trabalho de uma banda, podendo ser realizadas diretamente de um show ou de qualquer outra tipo de transmissão.

Portnoy lançou em 2003 o selo Ytsejam Records que tem como finalidade distribuir bootlegs oficiais do DREAM THEATER. "Isso se deve ao fato de eu também ser um colecionador de bootlegs. Durante toda minha vida eu cresci colecionando bootlegs do LED ZEPPELIN, BEATLES, um pouco depois, METALLICA e IRON MAIDEN. Isso nunca mudou. Agora tenho 42 anos e ainda sou aquela criança de 12 anos do Kiss Army (NT: fã-clube do do KISS) (...) Isso não mudou, mas quando o assunto é minha profissão eu fico do outro lado da cerca. Mas entendo a percepção dos fãs, porque eu sou um fã. Eu tento fornecer tudo o que faço no DREAM THEATER para os fãs, sejam set lists ou bootlegs oficiais, ou tolerando o comércio de bootlegs ou o comércio on-line", explicou Portnoy.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Metal contra o câncer: festival aceita cabelo como ingressoMetal contra o câncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

WhiFin