Chickenfoot: "É como era nos primórdios do Van Halen!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Ultimate Guitar.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/11/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baixista Michael Anthony (CHICKENFOOT, VAN HALEN) recentemente concedeu uma entrevista ao UltimateGuitar.com e abaixo seguem alguns trechos da conversa.

5000 acessosTop 20: os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR5000 acessosIndústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

O álbum do CHICKENFOOT exala um sentimento tão forte de diversão e emoção, algo que lembra muito do que foi capturado nos primeiros álbuns do VAN HALEN.

Anthony: “Você acertou em cheio. Óbvio que tocar em um novo grupo em uma situação como esta te inspira a tocar de forma diferente. E esses caras são ótimos músicos e isso eu nem preciso falar. Então somos bons amigos se divertindo. E é exatamente como era nos primórdios do VAN HALEN pois pouco depois, todos estavam fazendo suas próprias coisas. Mas isso me faz lembrar a razão inicial pela qual eu entrei nesse tipo de negócio. E é porque você pode se divertir enquanto o faz.”

Como baixista, por ter tocado com o Alex Van Halen durante tantos anos, foi um desafio tocar com o Chad Smith que possui um estilo mais funk do que você está acostumado a fazer?

Anthony: “Definitivamente, essa banda é feita de uma mistura incomum de características. Chad é um ótimo cara. Eu o conheci há uns quatro anos atrás, em Cabo San Lucas no México. Ele tem uma casa lá e na verdade foi onde Sammy o conheceu também. Nós três acampamos lá várias vezes, e obviamente, antes do CHICKENFOOT acontecer, eu toquei com o Chad em várias ocasiões. E ele possui esse estilo de rock funk original, o que é muito legal e o qual ele trouxe para a banda.”

Comparando a forma como o Sammy fez os álbuns do VAN HALEN, este álbum do CHICKENFOOT foi feito a partir de uma abordagem diferente?

Anthony: Foi muito mais próximo de como fazíamos música no começo do VAN HALEN quando alguém tinha alguma idéia. O Joe [Satriani] fez a maioria dos riffs básicos deste álbum, e todos nós apenas jogamos nossas idéias e as misturamos. Ninguém durante a gravação ou durante os ensaios disse ao outro como ele deveria tocar.”

Para ler a entrevista completa (em inglês) acesse o link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Top 20Top 20
Os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR

430 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Van Halen"

GuitarraGuitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World

Heavy MetalHeavy Metal
Dez álbuns que fizeram de 1980 o ano do gênero

Poder e excentricidadePoder e excentricidade
Ferrari, a paixão de estrelas do rock

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Chickenfoot"0 acessosTodas as matérias sobre "Van Halen"

IndústriaIndústria
Atrizes pornô começam a seguir rumo das bandas

SolosSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

GenealogiaGenealogia
Quatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock

5000 acessosTeoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?5000 acessosIron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas5000 acessosBackmasking: Existem mensagens ao inverso em discos de rock?5000 acessosLimp Bizkit: "Heavy Metal é algo chato pra caramba"5000 acessosQuem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?5000 acessosMax sobre Sepultura: "hoje eu faria diferente"

Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online