Rob Halford: entrevista em Premiação de Gays e Lésbicas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 18/05/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

"Access Hollywood" entrevistou o líder do JUDAS PRIEST Rob Halford em 17 de abril de 2010 na apresentação em Los Angeles da 21ª Cerimônia de Premiação da Aliança de Gays e Lésbicas Contra a Difamação (GLAAD) no Hyatt Regency Century Plaza.

53 acessos1978: 70 discos de rock e metal lançados há 40 anos5000 acessosMetallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto

O GLAAD Media Awards reconhece e honra a mídia pela representação justa, precisa e inclusiva da comunidade lésbica, gay e congêneres e questões que afetam sua vida.

Quando perguntado por que a GLAAD é uma organização importante, Halford repondeu, “ainda estamos em uma longa jornada, ainda há muita luta acontecendo, ainda há muitas coisas que precisam ser feitas para trazer a igualdade que acho ser a coisa humana a se fazer. Então esse evento realmente coloca isso em foco, junto com muitas outras coisas que estão acontecendo aqui hoje.”

Ele acrescentou, “Acho que o Ricky [Martin, cantor pop] foi realmente eloqüente na declaração que ele fez sobre a razão dele ter adiado [o anúncio de que ele é gay]. No fim do dia, você está lidando com uma questão muito pessoal e privativa. Você está rodeado de pessoas que te amam e se importam com você, que só querem o melhor pra você, mas você acaba levando um tipo de vida dupla, que foi o caso do Ricky, foi o meu próprio caso, o do Elton [John], do George [Michael]. O que ele fez foi incrivelmente importante para ele e acho que para a comunidade que foca principalmente no trabalho do Ricky, a comunidade latina. Então, de um jeito ou de outro, parecemos estar cobrindo todos os territórios. Estou no rock e metal, Ricky está no pop/rock, assim como o Elton e o George, e um número de outras pessoas. Então acho que cada momento em que você dá um grande passo a frente é incrivelmente valioso.”

A entrevista do “Access Hollywood” com Rob Halford pode ser vista abaixo. (Nota: a parte de Halford da reportagem começa aproximadamente na marca de 1 minuto e 45 segundos.)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Judas PriestJudas Priest
Rob Halford celebra 32 anos de sobriedade

53 acessos1978: 70 discos de rock e metal lançados há 40 anos2755 acessosJudas Priest: Vídeo de "Lightning Strike" e tracklist do novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

MastodonMastodon
Dailor sofreu após Hinds dizer que Judas Priest não é metal

DúvidaDúvida
O que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?

Heavy MetalHeavy Metal
Os vinte melhores álbuns da década de 80

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Homossexualidade"0 acessosTodas as matérias sobre "Rob Halford"0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"


MetallicaMetallica
Se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1988

VozVoz
10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas (Parte I)

5000 acessosJimi Hendrix: em texto emocionante, músico revela a sua missão neste planeta5000 acessosVocalista: dez razões pelas quais os demais integrantes o odeiam5000 acessosPhil Anselmo: Lord Ezec desafia vocalista para duelo na porrada5000 acessosOzzy Osbourne: 10 melhores músicas segundo Ultimate Classic Rock4863 acessosAxl Rose e Freddie Mercury: vídeo compara os dois vocalistas5000 acessosMetallica: Lars mandou aumentar bateria e diminuir baixo no Justice

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.