Ron Wood: vendendo casa de família para pagar ex-esposa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: Contact Music, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/06/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

RONNIE WOOD foi forçado a tirar sua cunhada de uma de suas propriedades para que ele pudesse vender a casa para pagar sua ex-esposa, de acordo com uma reportagem no Reino Unido.

715 acessosMick Jagger: divulgada a capa do novo single "Gotta Get A Grip"5000 acessosHeavy Metal: estressante, perturbador e faz mal ao coração

O astro dos Rolling Stones comprou a propriedade de 900 mil dólares (seiscentas mil libras) no sudoeste de Londres para seu irmão Art e sua esposa Angela morarem depois que eles se casaram em 1991.

O irmão dele morreu em 2006 e Wood prometeu cuidar de Angela – mas o roqueiro teve de vender a casa para completer um acordo financeiro com sua ex-esposa Jo, de quem ele se separou em 2008.

Uma fonte disse ao Britain's Mail no jornal de segunda, “Jo está basicamente atrás de metade de tudo que o Ronnie tem. É bobagem a informação que ela só está levando 6 milhões e meio de libras no divórcio".

“Ronnie está sendo forçado a vender tudo para que a Jo pegue a metade dela, e isso inclui a casa que ele comprou para o Art e a Angi em Teddington. Ronnie se sentiu tão mal com isso que ele pediu a Sherry Dally do escritório dos Stones para ligar para ela e dar a notícia. Ele está tão envergonhado com isso tudo que ele não consegue sequer conversar com ela".

“Angi é muito boa e tranquila e ela passou por cima de tudo e aceitou. Mas por dentro ela está arrasada por estar tendo de deixar a casa que ela dividiu com o Art, apesar dela não falar isso. Não há mágoas, mas o Ronnie não falou com ela desde então.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Rolling StonesRolling Stones
Livro, novo álbum e documentário em breve

715 acessosMick Jagger: divulgada a capa do novo single "Gotta Get A Grip"1479 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify262 acessosAlta Fidelidade: os Stones percorrem a América Latina em doc154 acessosEm 05/07/1969: Stones tocavam para 500 mil pessoas no Hyde Park0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Rolling Stones"

Na cadeiaNa cadeia
Astros do rock que foram enjaulados

RockRock
As dez lendas mais macabras do gênero

Rolling StonesRolling Stones
Sexo, drogas, rock e uma temporada no Inferno

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Rolling Stones"

Heavy MetalHeavy Metal
Estressante, perturbador e faz mal ao coração

Pink FloydPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido

A década perdida?A década perdida?
Rock Brasileiro da Década de 70

5000 acessosRolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revista5000 acessosCâncer na língua: Os músicos que sofreram deste mal5000 acessosMr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)5000 acessosSexta-Feira 13: filmes de terror e suas trilhas malditas5000 acessosRamones: Coração Envenenado - Uma bomba-relógio5000 acessosAxl: chatice e as estranhas festas para impressionar o Metallica

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online