Matérias Mais Lidas

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemRage Against The Machine vem ao Brasil em dezembro, diz José Noberto Flesch

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemCameron diz que falas sobre saída de Hawkins do Foo Fighters foram tiradas do contexto

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemO erro geográfico na letra de "All Star", música que Nando Reis fez para Cássia Eller

imagemSimone Simons compartilha foto inusitada; "Caminhoneira de dia e cantora à noite"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows


Stamp

Megadeth: música nova exclusiva para Guitar Hero

Por Maneco Grotesco
Fonte: Rolling Stone
Em 04/06/10

Dave Mustaine tem ótimas notícias este mês em seu website. Trabalhando duro em um projeto "ultra-secreto", o lider do MEGADETH revelou o segredo para a Rolling Stone: uma nova faixa chamada "Sudden Death" que servirá como grande final para o jogo a ser lançado "Guitar Hero: Warriors of Rock". Mustaine diz que a faixa é brutal, "Eu tenho certeza que alguns fãs irão pensar que é a melhor coisa que já fizemos. Mas outras pessoas irão falar que é uma porcaria. Mas assim é o mundo."

Diferente das outras versões de Guitar Hero, "Warriors of Rock" será uma aventura baseada em uma história, narrada por Genne Simmons. Para avançar no jogo, será preciso atacar com faixas como "Children of the Grave" do BLACK SABBATH, "Uprising" do MUSE, "Chemical Warfare" do SLAYER e "Fascination Street" do CURE. Mas para derrubar o chefe da última fase, será preciso executar com perfeição "Sudden Death" do MEGADETH.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu achei uma ótima idéia para nós", diz Mustaine. "Tivemos experiência com jogos no passado, nossas músicas estiveram em jogos de esportes e em Grand Theft Auto, mas nunca nesse esquema de Guitar Hero. Quando falaram para nós a respeito de fazer isto, eu não imaginei que seria algo assim tão honroso."

A Activision, empresa responsável pelo Guitar Hero, delegou a faixa a Mustaine e ao Megadeth, e foi muito parcipativa no desenvolvimento da música uma vez que "Sudden Death" propõe o último desafio para os jogadores.

"Apenas uma vez em minha carreira algo assim aconteceu", fala Mustaine, referindo-se à trilha sonora do filme 'Bill and Ted's Bogus Journey', de 1991, quando a banda compôs "Go to Hell". "Nós escrevemos alguma coisa e a Interscope me disse que queria algo mais obscuro. A Activision ouviu a faixa e disse, 'Nós queremos mais solos nela'. E eu disse, OK, posso fazer isso."

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Sudden Death" se tornou uma mordaz, veloz música thrash que certamente irá causar calos nos dedos. Mustaine afirma que a música possui uma mistura de ritmos diferente que irá dificultar ainda mais para os jogadores. "Só a repetição de desvios no rumo dela vai estourar a mente das pessoas", explica Mustaine. "E o estilo da minha guitarra é bem diferente de Chris Broderick. Chris toca com muito amor e eu toco com muito ódio. Minha guitarra tocando são explosões, e as dele são como fogos de artifício. Quando você está tentando simular dois tipos de guitarras de diferentes estilos, fica confuso. Eu não me importo com o que digam, você terá que ser bom."

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Lista: 10 músicas que falam sobre masturbação nas entrelinhas



Sobre Maneco Grotesco

Nascido em 1979, em Curitiba, desde pequeno sonhava em tocar ao descobrir a velha guitarra do pai. Ainda no colégio montou sua banda, o Grotesco, que apesar de praticamente inativa atualmente, ainda existe. Os estilos preferidos variam muito com o tempo, do thrash ao punk, do ska ao folk, a única paixão que permanece sempre no topo no mundo do rock é pelas guitarras Gibson.

Mais matérias de Maneco Grotesco.