Radiohead: RIAA quer que "In Rainbows" saia da internet

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Paccelly, Fonte: TorrentFreak, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Depois de romper contato com a EMI, o RADIOHEAD lançou de forma independente o seu até agora mais recente álbum, "In Rainbows" e deu aos fãs a opção de baixá-lo pelo preço que se sentissem confortáveis a pagar. Não só foi uma das melhores campanhas promocionais da década, como isto lhes rendeu muito dinheiro.

Tool: "A influência do Radiohead preparou o palco para muitas bandas"Separados no nascimento: James Hetfield e o Leão Valente

O RADIOHEAD disse que a tática lhes rendeu mais dinheiro do que todos os seus outros álbuns reunidos. A banda estava orgulhosa de ter ultrapassado as grandes gravadoras com êxito. Nos anos seguintes os membros da banda apoiaram a causa que exigia mais direitos aos artistas e menor poder às gravadoras.

Ano passado, o RADIOHEAD e muitos outros artistas conhecidos formaram um grupo com o objetivo de acabar com a prática de extorsão das gravadoras, o que permitiria aos artistas maior controle sobre o próprio trabalho. Os artistas estavam insatisfeitos com o fato das gravadoras, representadas pelos grupos de interesse como RIAA e IFPI, forçarem sua agenda anti-pirataria sem consultar os artistas que diziam representar.

"Correr atrás dos fãs não é a solução para os problemas que a indústria está enfrentando", argumentavam eles.

Considerando tudo isso, é surpreendente constatar que a RIAA e a IFPI tomem medidas anti-pirataria em nome do RADIOHEAD. Tanto a RIAA quanto a IFPI tem mandado alertas ao Google (RIAA, IFPI), pedindo que filtrem e desativem contas de blogs que disponibilizem o álbum "In Rainbows" gratuitamente.

Embora algumas pessoas pensem que o 'In Rainbows' ainda esteja disponível de graça, a oferta gratuita apenas durou alguns meses. Depois disso, o modelo revolucionário "pay-what-you-want" (entendido como "pague o quanto quiser"), foi modificado para os esquemas tradicionais de licenciamento das grandes gravadoras.

As versões de download do álbum ainda são independentes, mas para as cópias físicas, o RADIOHEAD se uniu à gravadoras como Warner e Sony. Devido a esses negócios, as gravadoras tem o "direito" a um pedaço de "In Rainbows", e eles estão usando esse poder para inibir as cópias que são distribuídas online sem autorização.

Obviamente é irônico que o álbum que já foi visto como o novo modelo de negócios da indústria musical esteja sendo protegido contra a pirataria pela indústria. Por outro lado, é duvidoso que os pedidos sejam legítimos, visto que as gravadoras tem direito de distribuição física, e não digital.

O site TorrentFreak entrou em contato com representantes do RADIOHEAD para discutir as práticas da RIAA e IFPI, mas eles se recusaram a comentar. Ainda assim, com todos os comentários sensatos que os membros da banda fizeram sobre a partilha, assumimos que eles não aprovam as táticas empregadas pelo RIAA e IFPI. Ou não?

É interessante notar que os álbuns digitais do NIN, lançados da mesma maneira, permanecem totalmente "livres".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Radiohead"Todas as matérias sobre "Nine Inch Nails"


Tool: "A influência do Radiohead preparou o palco para muitas bandas"

Radiohead: a história de Fake Plastic TreesRadiohead
A história de "Fake Plastic Trees"

Rolling Stone: os 100 melhores álbuns dos anos 2000Rolling Stone
Os 100 melhores álbuns dos anos 2000

Gigantes do Rock e Metal: alguns músicos muito, muito altosGigantes do Rock e Metal
Alguns músicos muito, muito altos


Separados no nascimento: James Hetfield e o Leão ValenteSeparados no nascimento
James Hetfield e o Leão Valente

Black Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da bandaBlack Sabbath
About.com elege os 5 melhores álbuns da banda

Rock Stars: como se pareceriam alguns se não tivessem morridoRock Stars
Como se pareceriam alguns se não tivessem morrido

Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Black Sabbath: os vocalistas misteriosos da bandaBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

Hagar: Satriani é o melhor guitarrista com quem trabalheiHagar
"Satriani é o melhor guitarrista com quem trabalhei"

O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?O lado escuro do rock
Você acredita em magia negra?


Sobre Nathália Paccelly

Nathália Paccelly é brasiliense e jornalista. Nascida em 1989, foi apresentada ao Rock ainda no colégio por intermédio dos colegas que formavam bandas. Isso a estimulou a aprofundar seu conhecimento a respeito da música, possibilitando que adquirisse um gosto próprio. "Metal, Power Metal, Hard Rock, Heavy Metal, Trash Metal, Progressive Metal... gosto de todos, aprendi a ser eclética dentro do rock!" Ainda adolescente, escrevia sobre bandas iniciantes e divulgava em seu fotolog. A prática da escrita motivada pela música a ajudou a escolher sua profissão, e é agregando as duas paixões que decidiu colaborar com o site. "A ideia de ter minhas matérias publicadas neste veículo, para este público, é incrivelmente gratificante". A autora também está no twitter: @NatchyPaccelly.

Mais matérias de Nathália Paccelly no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336