Duff McKagan: realizando $onho$ de juventude com o esporte

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Seattle Weekly, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 06/11/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Da coluna semanal de DUFF McKAGAN no Seattle Weekly, publicada no dia 4 de novembro:

Os leitores assíduos desta coluna sabem que eu sou um grande fã de esportes. Eu sou um grande fã dos Marines, eu choro pelos Sonics, e eu sangro pelo azul e verde dos Hawks.

1195 acessosGuns N' Roses: em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 20165000 acessosEddie: a foto que supostamente inspirou Derek Riggs

Quando eu assisto jogos ao vivo ou pela TV, eu sempre fico muito animado quando ouço uma das canções de minhas bandas sendo tocada. Foi a realização de um sonho pra mim estar no local quando os Sonics ganharam de Salt Lake em sete jogos para chegarem até as finais da NBA em 1996, com a plateia ficando louca, confete caindo do ar, e “Paradise City” tocando nas caixas.

Claro, isso tem dois lados. Por mais que eu ame Nova Iorque, eu bufo só de pensar em “Welcome to the Jungle” sendo tocada para animar os fãs no Yankee Stadium. Sempre penso pra mim mesmo, “Não. Essa música não foi escrita pra VOCÊS, caras!” Sim, eu sou fanático por esportes. Aqueles de vocês que passaram suas juventudes acompanhando nossos times locais, como eu fiz, podem provavelmente entender como excitado eu fico em fazer o que farei essa semana. Minha banda, o LOADED, vai tocar no show do intervalo do Seattle Seahawks nesse domingo que vem. Eu fui abençoado com muitos altos em minha carreira, mas tocar no intervalo dos Hawks é um marco pra mim.

Alguns de vocês devem estar coçando a cabeça. O Loaded não é uma banda de massa. Nós não estamos no iPod ou no som de carro ou nas estações de rock do povo. Essa coluna tem sido um grande ponto de convergência de ideias. Algumas coisas boas transpiraram por causa dos contatos feitos através de minha publicação aqui no Weekly.

Quando eu escrevi aqui sobre meu colega de alpinismo Tim Medvetz alguns meses atrás (e o fato dele levar veteranos de guerra feridos no Iraque e no Afeganistão para os picos mais altos do planeta), eu recebi um email de Ken LeBlond do nosso hospital local Puget Sound VA, e uma conexão foi feita.

Tim me assombrou um tempo atrás com uma história sobre alguns dos veteranos feridos que ele encontrou: garotos de 19 anos que perderam um ou dois membros e agora voltaram pro sofá de suas mães em Minnesota ou lugares assim, com nada pra preencher o vazio além de uma avassaladora depressão.

A história de Tim me cativou, e quando começamos a escrever canções pra esse novo disco do Loaded, eu dediquei uma música chamada “Fight On” a esses homens e mulheres.

Com a amizade de Mr LeBlond através dessa coluna, e Ryan Madayag dos Seahawks, nós três nos juntamos para tornar “Fight On” disponível para download no Itunes exclusivamente para o benefício do Sistema de Saúde dos Veteranos do Puget Sound Nesse domingo quando nós tocarmos, é o dia de celebração dos Veteranos por parte dos Seahawks. Mil veteranos e suas famílias estarão no campo no intervalo quando tocarmos ao vivo.

O jeito que toda essa coisa tomou forma realmente me dá arrepios, e parece fazer com que estejamos fazendo algo de bom aqui.

O “Gas Man” na rádio esportiva KJR, Mike Gastineau, tem sido um grande apoiador do Loaded, e foi o primeiro aqui na cidade a defender aqui na cidade que uma de nossas canções fosse usadas por nossos times locais. Ele tocou uma música chamada “We Win” cerca de seis semanas atrás, logo após termos gravado-a.

Eu estou muito, bem, chapado. Eu não quero parecer desavergonhadamente me promover, senão parece que estou usando esse espaço pra me vender, mas porra, eu vou fazer isso de qualquer jeito. Meu time da NFL, o Seattle Seahawks, vai usar a nova música do Loaded para instigar o time e os fãs.

Eu imagino que alguns de vocês lendo agora sejam grandes fãs de esporte, certo? OK, então se coloque no MEU lugar. Imagine você escreveu uma música e que agora seu time favorito esteja usando-a. E você agora vai tocar ela no intervalo.

Não só isso. Quando eu estava em Londres algumas semanas atrás, eu recebi um e-mail com um pedido de alguém na MLB para usar “We Win” como trilha pra seus canais de TV e de internet. Eu achei que fosse meio prematuro pra grande liga de baseball me contatar em Outubro quando a temporada por vir e disse a eles que eu nunca tinha recebido uma solicitação de uso de música com tanta antecipação. Não, era pra ESSA temporada. Pro campeonato mundial de baseball, pra ser preciso.

Nada mal pra nossa bandinha de Seattle.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guns N RosesGuns N' Roses
Em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 2016

1384 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1537 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses1744 acessosGuns N' Roses: turnê com rappers N.W.A. quase rolou; Axl era fã0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

BandasBandas
Os dois lados dos rompimentos de formações clássicas

Pra ouvir e discutirPra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1991

Mike PattonMike Patton
"Lá estava eu, mijando no teleprompter de Axl Rose"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Loaded"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Iron MaidenIron Maiden
A foto que teria inspirado Derek Riggs na criação de Eddie?

Dave MustaineDave Mustaine
"Joguei dois feitiços em pessoas, ambos funcionaram!"

Steve VaiSteve Vai
As 10 melhores faixas na opinião do guitarrista

5000 acessosIron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte5000 acessosMetal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia5000 acessosDebandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhor5000 acessosDeicide: vocalista chama Mustaine de "prolapso retal"5000 acessosHeavy Metal: como é o som das grandes bandas sem distorção?2252 acessosUltimate Classic Rock: os 40 maiores discos dos anos setenta

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online