Sepultura: Max diz que Paulo Jr. não era tão bom

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel Gonçalves, Fonte: Revolver Magazine, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O website "Revolver Magazine" conduziu em 2010 uma entrevista com Max Cavalera que, dentre outros assuntos, atirou a bomba: "O primeiro álbum do Sepultura que Paulo gravou foi o 'Roots', porque ele não era muito bom".

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoGuns N' Roses: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Sepultura atual anunciou recentemente que irão tocar o álbum "Arise" na íntegra. Mas não era você o compositor principal do Sepultura na época do disco?

Max: Em casa, eu compunha da mesma forma que faço com o Soulfly. Eu dou crédito aos caras. Igor apareceu com muitas batidas originais, como em "Territory". A medida que melhorávamos, ele tocava melhor. O único músico que não melhorou muito na época foi Paulo (Paulo Jr., baixista). Eu acho que o primeiro álbum que ele gravou foi o "Roots". Todos os outros anteriores fomos eu e Andreas (Andreas Kisser, guitarrista) fazendo o baixo, porque Paulo não tocava tão bem. Mas éramos amigos, então falávamos: "Sim, você pode ficar na banda, nós não iremos te expulsar. Quando tocarmos, nós apenas diminuiremos seu volume para que ninguém escute".

Fora as brigas interpessoais da banda, vindo do Brasil, foi mais difícil se destacar internacionalmente?

Max: Foi um processo um pouco mais lento. Começou na Europa. A primeira turnê do Sepultura na Europa foi em 1989. Abrimos para o Sodom e eventualmente fomos tendo uma reação melhor que eles. O gerente da turnê ficou puto e começou a nos sacanear um pouco, por exemplo, cortando nosso som e luzes. Ele era um cara alemão, e eu notei que ele era bem limpo, como se tomasse três banhos por dia. Então eu decidi que iria sacanear aquele cara, aí resolvi não tomar banho pelo resto da turnê. Eu me tornei o cara fedorento no ônibus, e isto deixou o cara maluco. Ele falava, "Eu quero matar o cantor do Sepultura. Ele tem que tomar um banho ou irei expulsá-los da turnê".

Confira a entrevista completa, em português, no www.imprensarocker.com.br.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Sepultura"


Ross Robinson: o cerne da polêmica Korn vs. SepulturaRoss Robinson
O cerne da polêmica Korn vs. Sepultura

Tom Morello: qual a banda brasileira preferida do guitarrista?Tom Morello
Qual a banda brasileira preferida do guitarrista?


Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo

Guns N' Roses: Perguntas e respostas e curiosidades diversasGuns N' Roses
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Gabriel Gonçalves

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336