Minuto HM: "Coming Home", A Volta Pra Casa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Caio Beraldo, Fonte: Minuto HM, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 25/03/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em setembro de 2009 fui aos Estados Unidos apresentar a primeira parte de um relatório ao conselho de diretores da empresa em que trabalho. Era uma nova função dentro da organização, que recrutava funcionários para pesquisar mercados específicos e buscar crescimento da empresa dentro dos mesmos, determinando a melhor estratégia de atuação.

636 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"

Eu e meu chefe pousamos em Chicago e alugamos um carro. Conversamos por quatro horas, duração da viagem até o estado de Indiana, e trocamos diversas vezes a frequência do rádio em busca de alguma emissora local. Quando em uma delas ouvimos “Rocket Man”, clássico do Elton John, ele comentou que por viajar muito às vezes sentia-se como o astronauta retratado na música.

A lembrança desta conversa veio imediatamente após ouvir pela primeira vez “Coming Home”, do mais recente trabalho do Iron Maiden, “The Final Frontier”, tanto pela melodia quanto pelo conteúdo da letra.

Sobre a música em si, além da introdução e do refrão, a música divide suas estrofes em dois momentos: um mais calmo, dedilhado, e outro mais pesado, com acordes distorcidos em um riff simples, mas cativante e cadenciado. Meu irmão mencionou que “Coming Home” poderia perfeitamente pertencer ao “Chemical Wedding” de Bruce Dickinson, principalmente por este riff cadenciado e pela melodia característica de Adrian Smith. Eu concordo!

A letra durante o momento calmo fala em tom de poesia, usa metáforas, passa uma idéia de reflexão. Já o riff cadenciado embala uma descrição da viagem, do vôo, e retrata a pequenez de uma pessoa perto da imensidão do mundo, do universo até (“Rocket Man”?), além de dizer que, vistos “do alto”, todas as diferenças entre países e pessoas são insignificantes. Esta divisão é percebida inclusive nos solos: enquanto Dave Murray executa o seu primeiro com o fundo calmo, com notas mais constantes, Adrian Smith sola tendo as guitarras distorcidas como base, intercalando agudos e graves, com passagens mais rápidas e terminando com notas que “crescem” e culminam no refrão.

Continue vendo a reflexão sobre esta excepcional (e intrigante, emocionante) faixa do The Final Frontier no Minuto HM:
http://minutohm.com/2011/03/24/coming-home-a-volta-pra-casa/...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

636 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa451 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela424 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Drew BarrymoreDrew Barrymore
Atrizes também usam camisetas do Maiden

Iron MaidenIron Maiden
Os bastidores do Eddie de "Final Frontier"

Regis TadeuRegis Tadeu
Agradecendo elogios pela matéria sobre o Iron Maiden

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Robert PlantRobert Plant
"Quase saí do Led quando meu filho morreu!"

Black SabbathBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Cê tá de brincadeira?Cê tá de brincadeira?
Quando grandes nomes vacilam

5000 acessosHeavy Metal: as 10 capas mais "de macho" de todos os tempos5000 acessosPhil Anselmo: Vocalista explica e se retrata por episódio racista5000 acessosMetallica: A reação de James a famosos usando camisetas da banda5000 acessosPhil Anselmo: surge vídeo gravado logo após funeral de Dime4452 acessosOnslaught: ex-vocal do Anthrax é demitido por não cantar direito5000 acessosCorey Taylor: Não podíamos trabalhar junto com Jordison

Sobre Caio Beraldo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Caio Beraldo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online