Bob Dylan: falando de heroína e suicídio em entrevista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Otávio Fernandes, Fonte: BBC
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/05/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


Em março de 1966, durante um vôo entre Lincoln e Denver, Bob Dylan concedeu uma entrevista de quase duas horas ao amigo Robert Shelton. O conteúdo da conversa permanecia inédito, mas acabou por ser revelado pela BBC, que teve acesso à fita com a entrevista gravada.
5000 acessosDébil Metal: quando os fãs assustam os ídolos5000 acessosAstros do rock: o patrimônio líquido de cada um

Entre as revelações trazidas pelo material divulgado pela BBC está o vício em heroína, confessadamente admitido por DYLAN. O cantor diz que gastava cerca de 25 dólares por dia com o vício, mas que acabou por superar o problema. Dylan também reconhece que pensou em suicidar-se: "eu daria um tiro no cérebro se as coisas ficassem ruins. Eu pularia de uma janela, cara. Eu iria me matar. Você sabe que eu penso sobre a morte, cara, abertamente."

Uma segunda entrevista, com uma hora e quarenta minutos, também foi gravada por Shelton no dia seguinte. De acordo com a BBC, um filme está sendo produzido a partir das fitas.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Drogas e Álcool"

WarrantWarrant
"Drogas transformam tudo em um pesadelo"

Duff McKaganDuff McKagan
3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína, e mais...

João GordoJoão Gordo
"Não sei como estou vivo, é sorte!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Drogas e Álcool"0 acessosTodas as matérias sobre "Bob Dylan"

Débil MetalDébil Metal
Quando os fãs assustam os ídolos

Astros do rockAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Legião UrbanaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída

5000 acessosO futuro do Rock nacional: bandas autorais devem "se tocar"5000 acessosGuns N' Roses: a trágica história do baixista fundador5000 acessosJudas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal5000 acessosMúsicos, aceitem: ninguém mais paga por música5000 acessosAngela Gossow: conselhos para bandas novas independentes4091 acessosHeavy Metal: como fazer amigos em lugares públicos

Sobre Otávio Fernandes

Paulistano, trinta e tantos anos, formado em dramaturgia com especialização em documentário. Burocrata de profissão, já foi um pouco de tudo: de diretor de curta-metragens a barqueiro no rio Amazonas. Particularmente interessado no blues-rock do final dos anos 60 e no hard rock do início dos 70.

Mais matérias de Otávio Fernandes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online