Dream Theater: Petrucci e Rudess falam sobre novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: Roadrunnerrecords.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/05/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Music Radar recentemente se encontrou com as feras do Dream Theater John Petrucci e Jordan Rudess nos estúdios Cove City em Long Island, para saber sobre tudo desde a partida de Mike Portnoy, a chegada de Mike Mangini, gravações e mais.

1103 acessosDream Theater: "Pull Me Under" é a mais importante da banda5000 acessosLemmy: "as pessoas se tornam melhores quando morrem"

Há uma tonelada de grandes destaques na entrevistas, pois John e Jordan falaram com completa honestidade e emoção, mas vamos começar com a visão de Petrucci sobre o álbum do Dream Theater que está por vir. Ele simplesmente diz "Acho que o novo álbum sairá em setembro. Não temos uma data oficial ainda, e estamos meio que brincando com títulos. Mas eu definitivamente dirira que setembro é o mês que esperamos." Mal podemos esperar!

Planejando seu futuro com Mike Mangini na bateria é definitivamente o que a banda está focando agora, entretanto Petrucci volta a quando o antigo baterista, Mike Portnoy, informou à banda sobre sua intenção de fazer turnê com o Avenged Sevenfold. John relembra "disse a ele «Portnoy», 'Não acho que seja uma boa idéia, Mike'".

Rudess também entrou na conversa e deu sua reação honesta à decisão final de Portnoy de deixar o DT. Rudess admite "Eu literalmente sentei na escadaria do meu estúdio e chorei. Esse é um cara que é meu amigo, que todos amamos e admiramos. Não queríamos ver tudo desmoronando. A coisa toda me levou às lágrimas." Ficamos felizes por Mangini estar com a banda agora e que Jordan esteja feliz. Ninguém quer um tecladista de primeira categoria de cabeça baixa chorando.

Sobre um tema mais leve, apesar de que a perda de Portnoy tenha sido algo grande, Petrucci veio para acalmar os ânimos falando sobre a chegada de Mangini. Sobre o processo de audição John afirma "No segundo em que ele entrou, ele nos deixou estarrecidos. Sabe, tocar com o Mike «Mangini» foi a primeira vez que tocamos com outro baterista. A sensação que tivemos dele... como baterista, ele foi fenomenal. O cara foi um animal. Outra coisa: adorei o que ele disse no vídeo, que foi muito importante. Ele disse 'Isso não é só uma apresentação para mim.' Aquilo realmente mexeu muito conosco."

Clique aqui para ler a entrevista completa no MusicRadar.com (em inglês).

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Dream TheaterDream Theater
"Pull Me Under" é a mais importante da banda, diz Petrucci

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

19971997
15 discos de rock/metal que completam 20 anos de lançamento

CoversCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

Dream TheaterDream Theater
Mangini mostra fotos da evolução de sua bateria

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

MotorheadMotorhead
Lemmy fala sobre Metallica, Ozzy, Randy Rhoads e mulheres

New MetalNew Metal
Raiva, calças folgadas, problemas na infância...

HeadbangersHeadbangers
O preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

5000 acessosUSA Today: as 20 maiores bandas de todos os tempos nos EUA5000 acessosMetal: Mapa revela os países com mais bandas do estilo5000 acessosMetal: 101 motivos para perceber que você ouve há muito tempo5000 acessosMorrendo com estilo: caixão em formato de guitarra5000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda5000 acessosMudanças: 5 bandas que seguem sem membros da formação original

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online