Guns N' Roses: DJ Ashba, o guitarrista que nunca dorme!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: ultimateclassicrock.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 25/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Nota do editor: trechos ligeiramente diferentes desta entrevista foram publicados no link abaixo:
3720 acessosDJ Ashba: o show de quatro horas do Guns N' Roses

Independentemente de quando você estiver lendo isso, o guitarrista DJ Ashba do GUNS N´ROSES/SIXX: A.M, estará certamente acordado e trabalhando em algo criativo neste momento. Como você pode acompanhar nesta entrevista exclusiva para o site ultimateclassicrock.com. Além de reforçar a banda de Axl Rose, Ashba recentemente lançou um segundo álbum com Nikki Sixx do Mötley Crüe, com o Sixx: AM.

Como se isso não bastasse, DJ (refere-se à Daren Jay, e não um apelido de hip-hop), também é dono de uma empresa de design, e ele está escrevendo o roteiro de um filme de animação. Acomapanhe a entrevista:

Ultimateclassicrock.com: Você está com o Guns N 'Roses e o Sixx: AM, além de você ter sua própria empresa de design, arte e publicidade. Você consegue dormir?

DJ Ashba: Está tudo no café. Você sabe porque, na verdade, eu fico acordado até tarde e eu me levanto cedo, eu durmo cerca de quatro horas por noite. Eu tenho feito isso por anos e anos, eu tenho trabalhado muito por toda a minha vida.

Ultimateclassicrock.com: O primeiro show de rock que você viu foi do Mötley Crüe, certo? Você já viu o Guns N 'Roses?

DJ Ashba: Eu nunca vi o Guns N 'Roses ao vivo, estranho né? Foi muito difícil, eu vivia só em casa, era difícil ir a um show de rock, porque fui criado em uma família muito religiosa. Então, a única vez que eu fui em um show, foi quando visitei meu pai verdadeiro, lá em Indiana, e com o tempo ele começou a trabalhar fora. Na verdade, o único show que ele me levou foi o do Mötley Crüe, porque foi meu presente de aniversário de 16 anos.

Ultimateclassicrock.com: Mas você conseguiu ir em mais shows quando ficou mais velho, certo?

DJ Ashba: Depois disso, quando eu consegui meu carro, eu mesmo ia dirigindo aos shows, mas mesmo assim levava duas horas para chegar aos lugares onde aconteciam os shows, pelo fato de muitas bandas não tocarem por perto. Eu assistia à MTV todos os dias e ouvia todos os lançamentos que eu podia. Eu tentava ouvir o que eu conseguia, e sempre tentava buscar mais, pois o rock era um tipo de música muito escassa de onde eu vim.

Ultimateclassicrock.com: No Sixx: A.M, o segundo álbum mudou muito em relação ao primeiro?

DJ Ashba: Eu acho que não muito. O primeiro registro ("The Heroin Diaries Soundtrack", 2007), nós realmente nem sabiamos o que estávamos fazendo. Foi apenas um daqueles dias onde, três melhores amigos, entre compositores e produtores, apenas tocavam algumas idéias. Nikki e eu fizemos uma parceria com Funny Farm (em seu estúdio de gravação). Queríamos escrever e produzir para um monte de artistas diferentes. Ele iria sair em turnê, foi quando eu comecei a mexer com esse lance de orquestras em pro-tools. Era como se um mundo novo se abrisse para mim. Eu criei algumas peças, e daí surgiram "Xmas in Hell" e "Intermission". Nikki voltou e ouviu, pensei que eles poderiam gostar, e começaram a fazer letras em cima delas, e desde então se transformou em algo grande.

Ultimateclassicrock.com: Então qual foi sua conclusão para o novo álbum do Sixx: A.M, "This is Gonna Hurt"?

DJ Ashba: No primeiro álbum estávamos apenas tentando definir o que era o Sixx: A.M. No segundo registro nós já sabíamos como soava, e pudemos nos concentrar muito mais sobre o conteúdo e sua parte musical, e levar as composições para um nível totalmente novo.

Ultimateclassicrock.com: Existem planos para uma turnê com o Sixx: A.M.?

DJ Ashba: Não há nenhum plano de turnê ainda. O Mötley já está com uma turnê, e o Guns N 'Roses está planejando sair no final do ano. Nada há nada concreto ainda.

Ultimateclassicrock.com: Você já viu a "batera montanha-russa" de Tommy Lee?

DJ Ashba: Não, ainda não, mas Nikki quer que eu vá para o show no Hollywood Bowl, para Tommy me mostrar durante a passagem de som ou algo assim, eu quero experimentar.

Ultimateclassicrock.com: Você mencionou uma turnê do Guns N 'Roses. A América do Norte estaria incluída?

DJ Ashba: Bem, eu não quero definir nada, ainda, a única coisa que está definida agora é Rock in Rio no dia 02 de outubro, mas estamos ansiosos para chegar lá, e um dos nossos principais objetivos é de tocar nos Estados Unidos. Quando tudo passar, obviamente, todo mundo vai saber. Eu estou esperando isso acontecer, vai ser muito divertido.

Ultimateclassicrock.com: O Guns N 'Roses está gravando algum material novo?

DJ Ashba: Axl tem tantas canções escondidas na manga desde o "Chinese Democracy". Ele tem praticamente três álbuns prontos, ele me mostrou algumas músicas e são incríveis. Ele tem toneladas e toneladas de canções. Então, quando Axl se sentir motivado, surgirá um novo lançamento. Como se fosse uma chamada, ou uma visão. E eu quero fazer o possível para trazer essa visão.

Ultimateclassicrock.com: Quais são suas canções favoritas do "Chinese Democracy", e quais são as mais divertidas de tocar ao vivo?

DJ Ashba: Provavelmente "This I Love" é uma que me fisgou, porque é simplesmente uma grande canção, liricamente e musicalmente, ela é tipo uma montanha-russa de emoções. É muito sincera, deve dizer. Adoro tocar músicas como "Revenge Shackler" e "Chinese Democracy", ao vivo. Todas elas traduzem uma boa energia, muito divertidas de tocar. "Street of Dreams "também é ótima.

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo:

http://ultimateclassicrock.com/guns-n-roses-dj-ashba-intervi...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guns N RosesGuns N' Roses
Todos estão empolgados com novo disco, diz Fortus

1316 acessosGuns N' Roses ou Raça Negra: Faça o quiz e veja se acerta1859 acessosGuns N' Roses: os 30 anos de Appetite na capa da nova Kerrang!2764 acessosWagner Nascimento: Tocar como o Slash?? Muito fácil!!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Duff McKaganDuff McKagan
Expressando seus sentimentos pelo Nirvana e Kurt

Guns N RosesGuns N' Roses
Cover de AC/DC em homenagem a falecido cão de Axl Rose

SlashSlash
Ele teve aulas de guitarra com Myles Kennedy

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Renato Aragão

QueenQueen
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

MetallicaMetallica
Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década

5000 acessosSeparados no nascimento: Cazuza e Lauro Corona5000 acessosAC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon Scott5000 acessosEvanescence: estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filho5000 acessosSlipknot: Corey Taylor treta com fã e expulsa o cara do show5000 acessosIron Maiden: fã de 10 anos detona música com Nicko na batera5000 acessosBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online