Whitesnake: quebrando tudo no Hammersmith Apollo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


Por Stefanie Chasseraux, de Londres.

4213 acessosWhitesnake: grandalhões com camisas do Maiden amam "Is This Love"5000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda


A turnê "Forevermore" do Whitesnake, que estará no Brasil em setembro, já passou por parte dos Estados Unidos e está na Europa atraindo legiões de fãs por onde passa. Aqui, no país do vocalista David Coverdale, a história não foi diferente.


Os ingressos começaram a ser vendidos em dezembro do ano passado. Conclusão: sold out! E eu, como “fã nática” assumida, fui lá conferir o show que aconteceu na última segunda-feira, 20/06, no Hammersmith Apollo, em Londres, mesma casa de shows onde a banda gravou seu último DVD "Live In The Still of the Night".

David Coverdale e sua turma fizeram um show para fã nenhum botar defeito, ou quase nenhum. Foram 16 músicas num setlist de clássicos de causar falta de ar, e acredito que até nele. Os anos também passaram para o sex symbol David Coverdale, que completa 60 anos em setembro. Mesmo eu sendo “fã nática”, não posso negar que sua voz não é mais a do garotão que subiu ao palco do Rock in Rio em 1985. Mas em compensação, foi a quinta vez que assisti a banda e percebo que na questão forma física, ele tá inteirão, viu... Detalhe só para as meninas.

O show começou com Best Years, do álbum Good to Be Bad, pulando para uma sequência de clássicos: Give Me All Your Love, Love Ain’t No Stranger e Is This Love, pra tirar o fôlego. Depois seguiram com Steal Your Heart Away, Forevermore e Love Will Set You Free, todas do último CD - Forevermore. Nessa hora, no meu conceito jornalista, veio um duelo de guitarras desnecessário entre Doug Aldrich e Reb Beach que demorou uns 10 minutos. Não vou desmerecer os guitarristas, mas eles não são o Steve Vai, então a coisa ficou um tanto quanto boring. Já o solo do baterista Briian Tichy foi nervoso, prático e competente, mostrou o porquê está no Whitesnake. Outro novo integrante da banda, o baixista Michael Devin, também mostrou competência e segurança. Uma coisa que me impressionou bastante durante o show foi o fato de todos os integrantes da banda cantarem.

Mais clássicos como Ain't No Love In The Heart Of The City e Fool For Your Lovin' fizeram o público londrino cantar e aplaudir sem parar, mas o Hammersmith veio abaixo quando David Coverdale chamou ao palco Bernie Marsden, guitarrista da primeira formação do Whitesnake e juntos tocaram Here I Go Again. No bis, ainda com Bernie Marsden, finalizaram com Still of the Night e depois, como alguns shows, David Coverdale cantou “a capella” Soldier of Fortune. E lógico, como todo e bom velho show do Whitesnake, We Wish You Well toca enquanto a banda sai do palco, só que desta vez, vi Coverdale parado sendo aplaudido por todos enquanto a música tocava. Foi mágico!

Agora só resta aguardar aos shows no Brasil em setembro, quando o Whitesnake fará quatro apresentações com o Judas Priest nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

WhitesnakeWhitesnake
Grandalhões com camisas do Maiden amam "Is This Love"

34 acessosEm 18/04/2008: Whitesnake lança o álbum Good To Be Bad34 acessosEm 07/04/1987: Whitesnake lança o álbum Whitesnake24 acessosEm 09/03/2011: Whitesnake lança o álbum Forevermore1070 acessosWhitesnake: unboxing da box set feita por David Coverdale0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Whitesnake"

David CoverdaleDavid Coverdale
Casamento, dinheiro e meditação

WhitesnakeWhitesnake
As músicas da vida de David Coverdale

WhitesnakeWhitesnake
Em raro momento, Coverdale elogia John Sykes

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Whitesnake"


Led ZeppelinLed Zeppelin
A controvérsia sobre as origens do nome da banda

Rolling StoneRolling Stone
As melhores faixas que fazem parte de álbuns ruins

Whiplash.NetWhiplash.Net
Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do site?

5000 acessosOverkill: mandando recado ao Avenged Sevenfold5000 acessosVocê sabe que o rock está moderninho quando...5000 acessosLegião Urbana: Bonfá toca bateria com telefone e passa vergonha na TV4976 acessosEdu Falaschi: Deus, ex-colegas do Angra e 25 anos de carreira5000 acessosPremier Guitar: o equipamento dos guitarristas do Iron Maiden5000 acessosMetallica: o que James Hetfield pensa de música eletrônica e hip-hop?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online