Sebastian Bach: James Durbin queria cantar "18 And Life"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Sebastian Bach, na segunda-feira (13 de junho), teve a chance de se encontrar com James Durbin — o roqueiro de 22 anos de Santa Cruz, Califórnia, que foi eliminado do "American Idol" no mês passado mas que fez uma apresentação de retorno durante a final da 10ª temporada da competição de cantores.

publicidade

Bach comentou no Facebook: "Interessante. Estou com o James Durbin do American Idol. Ele me contou que queria cantar '18 And Life' (a música do SKID ROW) no American Idol mas disseram a ele que ele não tinha permissão, que ela não ‘estava liberada’. Quem toma essas decisões e por quê? Como? Disseram a ele que ele poderia cantar uma música do BON JOVI mas não uma do SKID ROW. Muito interessante. E uma merda."

publicidade

Durbin apresentou as clássicas músicas do JUDAS PRIEST "Living After Midnight" e "Breaking The Law" com as próprias lendas britânicas do heavy metal durante a final do American Idol.

Perguntado se houve algum receio em deixar Durbin pegar seu sucesso de 1982, o guitarrista do JUDAS PRIEST Glenn Tipton disse à MTV, "De jeito nenhum, quero dizer, se você ver o que o James fez para o heavy metal, você tem de agradedê-lo, sabe? É trazer o metal para a dianteira, fazer o metal acessível. É uma coisa boa."

publicidade

Sobre se pode haver uma colaboração entre o quarto colocado e a banda britânica, o vocalista do PRIEST Rob Halford foi otimista, dizendo, "Sim, tudo é possível."

"Desejamos tudo de bom a ele", ele acrescentou. "Ele tem uma voz tão extraordinária. Ele tem uma personalidade tão genuína e adorável. Ele, James, é a coisa verdadeira e desejamos o melhor a ele. Bom trabalho, James!"

publicidade

Durbin disse ao USA Today que está planejando gravar um álbum, que ele descreveu como algo do gênero do "'Holy Diver' (DIO), 'Neon Knights' (BLACK SABBATH). "Ouvi o que é potencialmente meu primeiro single ontem", disse ele acrescentando que "ainda tem aquela vertente pesada mas tem potencial para o rádio". Ele planeja se reunir com um amigo de sua terra natal que será seu guitarrista. Ele também espera trabalhar com Mike Portnoy do DREAM THEATER.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Bruce Dickinson
Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!

Sign of the horns: o sinal do DemônioSign of the horns
O sinal do Demônio


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin