Slayer: "temos uma platéia hardcore", diz Tom Araya

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/07/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O AOL Music entrevistou o baixista/vocalista do SLAYER Tom Araya. Seguem alguns trechos da conversa.

405 acessosSlayer: Kerry King elege seus dez álbuns de metal favoritos5000 acessosAskmen.com: site elege as dez melhores músicas do Nirvana

AOL Music: Você tem tocado thrash metal por 30 anos — como você ainda faz isso?

Araya: Eu só vou lá e toco, cara. Eu não penso nisso na verdade, eu simplesmente faço. Quando você começa a pensar sobre o que está fazendo, você tende a desviar do caminho. Eu não posso mais banguear, então agora eu tenho de fazer sem o headbanging.

AOL Music: Você acha que esse tipo de música é imortal?

Araya: Acho que se a banda é boa e a música é boa, toda música é assim. Sempre haverá alguém ouvindo, e então haverá essa pessoa que a descobre. Eles nunca descobrem as bandas ruins, eles descobrem as bandas boas. É assim que foi comigo – eu conheci o ZEPPELIN e SABBATH, e foi quando eu era bem novo, no início dos anos 70. Era música boa, canções boas.

AOL Music: Você considera então que gente como a Lady Gaga é só uma mania, ou sua música também vai se tornar imortal.

Araya: Ela tem umas músicas boas, mas é o álbum todo que é bom ou só uma ou duas músicas? Meus filhos são assim. Sempre que escutam música, eles vão gostar de uma certa banda e dirão "Como é o álbum?" "Eu não sei" "Como assim que você não sabe?" "Bem, gosto só dessas duas músicas" "Bem, você tem de ouvir o álbum inteiro". Eu disse a eles que é realmente importante gostar de todas as músicas – se você não gosta de todas as músicas, então você vai esquecer da banda bem rapidamente. Minha filha gosta muito do THE STROKES. E eu ouvi umas coisas deles – são músicas muito boas, os álbuns deles são muito bons – então para mim, não seria surpresa se eles ficarem poderosos.

AOL Music: Há "fãs" do SLAYER por aí que só gostam das músicas conhecidas?

Araya: Eu vejo muito disso por aí. As pessoas estão aí talvez por essa razão e só por essa razão. Elas ainda vão e ficam tipo 'Quando eles vão tocar aquela música?' e elas tem sorte, porque nós provavelmente vamos tocar essa música! Muitas bandas saem e tocam coisas novas e nunca tocam as coisas antigas, e algumas pessoas vão só parar ouvir aquela tal música. Depois de estar por aqui há 30 anos, nós temos um público hardore. Talvez dois ou três por cento do público é hardcore. Eu sou mais esses três por cento do público e é por isso que estamos aqui. Estou aqui por eles.

Leia a entrevista na íntegra no AOL Music:
http://music.aol.co.uk/2011/07/22/slayer-interview/

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

SlayerSlayer
Kerry King elege seus dez álbuns de metal favoritos

646 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa381 acessosTudo no Shuffle: Thrash Metal, 10 Grandes Riffs576 acessosDave Lombardo: Ele quase morreu por overdose de café? Não!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

SlayerSlayer
Solos do Reign In Blood não tem nada a ver com as músicas

SlayerSlayer
Gary Holt fala sobre as bandas, censura e Jeff Hanneman

Álbuns de rockÁlbuns de rock
Kerrang! aponta os 100 melhores de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"

NirvanaNirvana
Site elege as dez melhores músicas do grupo

AnittaAnitta
"Eu era roqueira. Comecei no funk por destino."

The OsbournesThe Osbournes
Sharon conta como Ozzy tentou assassiná-la

5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais5000 acessosCantadas Headbanger: "Estou Priest a te dar um beijo!"5000 acessosFotos de Infância: Kurt Cobain, do Nirvana5000 acessosIron Maiden: banda posta álbum de fotos de 1º dia da nova turnê5000 acessosYngwie Malmsteen: guitarristas, Ferraris, vídeo-games, e mais5000 acessosHeavy Metal: 10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhos

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online