Nikki Sixx: "envergonhado com o veredicto de Casey Anthony"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: ultimateclassicrock.com, Tradução
Enviar Correções  


O baixista do MÖTLEY CRÜE, Nikki Sixx, comentou em seu Twitter, que ficou envergonhado com o veredicto de Casey Anthony, que foi declarada inocênte no julgamento sobre a morte de sua filha Caylee de dois anos de idade.

Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

Metallica: o video game da banda que nunca foi lançado

"Estou envergonhado e chocado que o nosso sistema legal, como eles não declararam Casey Anthony culpada pela morte de sua filha ou qualquer outra acusação?", twittou Sixx.

A americana Casey Anthony foi considerada inocente no caso da morte de sua filha, Caylee, 2 anos, segundo a decisão final tomada na tarde desta terça-feira no fim do processo, realizado na Flórida. As informações são da rede CNN.

A decisão foi tomada pelo júri - composto por sete mulheres e cinco homens - após quase 11 horas de discussão. Pelo veredito, Casey foi declarada inocente do assassinato da filha e da acusação de abuso infantil. Caso considerada culpada, Casey poderia ser até mesmo condenada à pena de morte.

Casey, 25 anos, havia tomado conta de debates públicos nos Estados Unidos. A mãe era acusada de ter sufocado a filha com fita adesiva e jogado seu corpo em um bosque perto de sua casa, na cidade de Orlando, em 2008.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy MetalJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

Metallica: o video game da banda que nunca foi lançadoMetallica
O video game da banda que nunca foi lançado


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin