A Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O/A vocalista do LIFE OF AGONY, Keith Caputo atacou a discriminação contra as pessoas que optam por passar por cirurgia de mudança de sexo. A frontpessoa do Metal anunciou em 2011 que estava tornando-se mulher e que passaria a se chamar Mina e se pronunciou a respeito da decisão.

5000 acessosGarimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock5000 acessosIron Maiden: uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Falando com a revista britânica Kerrang! Caputo respondeu à pergunta se a sociedade é tolerante com as pessoas que escolheram passar pela mudança de sexo dizendo:

‘Não, não é. Todo o sistema no qual vivemos é preconceituoso e fudido. Tudo está fudido. Não há banheiros para os transgêneros, por exemplo, razão pela qual há tantas agressões e brutalidades. Se as autoridades e as pessoas que fazem as leis fossem sensíveis em relação à ideia de que os humanos vêm em todas as formas, em diferentes formas e desejos, então haveria muito mais amor no mundo.’

O vocalista disse que ele sabia que estava destinado a mudar de sexo desde os 8 anos de idade, mas por causa do ambiente no qual cresceu, não pôde dar sequência ao procedimento até agora.

Ela disse: ‘Por causa de minha criação e pelo Life of Agony ter entrado na minha vida, o que também foi uma fonte de energia dominada por homens. Eu sempre me senti desconfortável porque eu estava cercada por esses tipos machões, machos-alpha. ’

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 14 de setembro de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Life Of Agony"

A Vida Pós-bilauA Vida Pós-bilau
Vocalista do Life of Agony abre o jogo

Mina CaputoMina Caputo
Foi uma tortura para ela ter que ser homem

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Life Of Agony"

CamisetasCamisetas
Beldades globais e sua paixão pelo rock

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Mick JaggerMick Jagger
Em cerimônia na escola do filho em São Paulo

5000 acessosFrases de bandas: o que eles realmente querem dizer?5000 acessosSaúde: bater cabeça pode causar danos ao cérebro5000 acessosPsicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia Eller5000 acessosMetallica: as 10 melhores músicas segundo a Loudwire5000 acessosAquiles Priester: Procurando autora de carta de 30 anos atrás5000 acessosTony Iommi: relembrando seu tempo com o Jethro Tull

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online