Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemO clássico do Rock Brasileiro com erro gramatical que foi parar em curso pré-vestibular

imagemMetallica: e se "Lux Aeterna" estivesse no "... And Justice For All"?

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemO álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemKirk Hammett sobre o Metallica: "Masculinidade tóxica alimentou essa banda"


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

About Fucking Time: Governo Britânico quer legalizar cópias

Por Nacho Belgrande
Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Postado em 03 de agosto de 2011

O governo britânico anunciou que está planejando atualizar as leis que atualmente estabelecem que é ilegal copiar música de um CD para um MP3 Player ou outro CD.

De acordo com o canal televisivo inglês Sky News na manhã dessa quarta-feira (3 de agosto), o governo se movimenta para legalizar que material seja copiado de um formato para o outro sem medo de punição, com o secretário de negócios Vince Cable descrevendo a atual legislação de direito autoral como ‘arcaica’.

A reportagem também sugere que as novas leis irão proteger a prática conhecida como ‘spoof’ e versões-paródia de faixas de serem afetadas por restrições de direito autoral.

O hit do YouTube, ‘Newport State of Mind’ foi recentemente forçado a ser removido do site após uma queixa de direito autoral relativa a seu conteúdo por parte de gravadora EMI.

Nem todas as partes interessadas concordam com isso, todavia, como o gerente da (gravadora) N-Dubz e executivo do ramo de representação artística do grupo Roar Global Jonathan Shalit argumentando que isso representa problemas para seus clientes.

Ele disse: "A partir do minuto que você diz que é legal copiar algo, então você está legitimizando isso e aonde acaba a barreira de parentesco imediato. Eu acho que isso não foi bem pensado e uma falta de respeito permanece para com os artistas que criaram o produto original."

Os planos detalhados para as novas leis devem ser anunciados dentro dos próximos meses.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ozzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la

Fotos de Infância: Evanescence


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.