Rudy Sarzo: músico do BOC em entrevista à Comando do Rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Damaris Hoffman, Fonte: Top Link Music, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O baixista Rudy Sarzo concedeu na última semana uma entrevista exclusiva para a revista Comando do Rock que estará disponível em breve nas bancas com a íntegra do bate papo onde os fãs do músico vão poder conferir suas considerações sobre diversos assuntos.

Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Andre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?

Quando perguntado sobre sua passagem por outras bandas e sobre seu desempenho no palco, Rudy Sarzo foi claro e declarou. "A minha abordagem quanto a ser um membro de qualquer grupo, seja como membro fundador desse tipo no caso do Quiet Riot ou um novo membro como no caso do Blue Oyster Cult é para mim encontrar o ajuste certo para cada banda em particular. Meu lema é: 'Estou me juntando a banda, a banda não está se juntando a mim', então eu acho que você poderia dizer que eu sou um musico completamente diferente em cada uma das bandas em que toco. Quanto à minha performance de palco, eu só sigo o fluxo da música, eu fico dentro da música, ouvindo as letras e o swing com o mesmo sentimento dos outros musicos da banda".

Ainda durante essa entrevista Rudy ressaltou sua grande satisfação em estar vindo ao Brasil com o Blue Oyster Cult para uma única apresentação que acontece no dia 24 de fevereiro em São Paulo no Hsbc Brasil e convida a todos os fãs da banda para esse que promete ser o melhor show desta turnê, onde eles estarão tocando grandes clássicos como "Don't fear the reaper", "Godzilla", "Burning for you", entre outros.

Informações sobre ingressos e preços disponiveis nos sites:
www.hsbcbrasil.com.br
www.toplinkmusic.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Andre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?Andre Matos
O que ele faria se fosse mulher por um dia?


Sobre Damaris Hoffman

Damaris Hoffman, 28 anos, concluiu seu curso de Licenciatura em Filosofia, porém logo partiu para a área da Comunicação Social. Desenvolveu um estilo único de trabalho atuando no departamento de marketing artístico e produção de sua própria empresa. Responsável pela comunicação das bandas Cavalera Conspiracy e Soulfly na América Latina e assessora de imprensa full time das bandas Angra, Project46, Sioux66, Rygel, Capadocia, La raza, Bioface, Worst, e inúmeras outras. Assessora de comunicação das empresas Top Link Music e Honorsounds.

Mais matérias de Damaris Hoffman no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin