Rex Brown: não acreditem no que falam sobre minha saúde

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Durante uma entrevista em abril de 2011 para o High Times, o ex-frontman do PANTERA e atualmente do DOWN, Philip Anselmo, disse que desde que ele passou por uma cirurgia em 2005 para reparar vários discos na sua coluna, ele ajudou muitos amigos a ficarem longe das drogas e que ele teve um margem de êxito de 50 por cento em conseguir que eles ficassem sóbrios. Uma pessoa que ele disse que ele não pareceu ter conseguido ajudar foi se ex-colega de banda no PANTERA e no DOWN, Rex Brown. "Essa é a única desavença entre o Rex e eu; tirando isso, somos melhores amigos", disse Anselmo. "Ele simplesmente não consegue parar de beber".

publicidade

Ele acrescentou, "Eu tentei. E fiz de tudo e eu adoro o Rex Brown de todo coração. Mas, maldição, ele não larga a maldita garrafa por nenhum de nós. Ele vai, e já disseram isso a ele, ele vai morrer. Vou te falar uma coisa: Ele não vai morrer enquanto eu estiver tomando conta dele, porque ele não vai beber perto 'Do Cara'. É assim. E isso quer dizer que ele não pode estar por perto nesse momento, porque ele está bebendo. E é isso. É essa a história escondida."

publicidade

Brown, que em 2009 foi diagnosticado com pancreatite, uma súbita inflamação do pâncreas, declarou o seguinte em uma entrevista no fim de 2011 sobre seu estado de saúde, "Eles levaram uns cinco anos para descobrir o que estava acontecendo. Eu estava com pólipos no meu pâncreas, e o que eles fizeram foi me abrir. E eu nunca me senti tão bem nesses últimos cinco anos... Eu vivia constantemente com dor."

publicidade

Falando à Radio Metal em 7 de fevereiro, pediram a Brown que falasse sobre sua atual condição médica à luz dos comentários de Anselmo. "Número um: o Phil não é médico", ele respondeu. "Não acreditem no que lêem. O Phil e eu somos muito bons amigos. Nós fizemos um pacto de que não falaríamos sobre a música do outro. Isso seria cruel com os fãs. Eu falo com o Kirk (Windstein, guitarrista do DOWN) o tempo todo, eu falei com o Pepper (Keenan, guitarrista do DOWN) semana passada. Não há animosidade nenhuma. Como parte da minha jornada musical, eu segui em frente (saindo do DOWN e agora tocando com o KILL DEVIL HILL)". Ele acrescentou, "Minha saúde melhorou 300 por cento desde que eu fiz essa operação. Eu me sinto bem, eu me sinto como se estivesse novamente com 25 anos. Eu tive uns problemas no meu pâncreas, o que já foi cuidado agora. Eu fui ao médico há dois meses; está tudo bem."

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kiss: Perguntas, respostas e curiosidades diversasKiss
Perguntas, respostas e curiosidades diversas

Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin