Creedence: entrevista para a ROCKPressBrasil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Alessandra Martins, Fonte: ROCKPressBrasil Assessoria
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 16/03/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Stu Cook e Doug Cosmo, dois dos integrantes originais do Creedence Clearwater Revival, voltam ao Brasil em março com o Creedence Clearwater Revisited. A banda se apresenta em São Paulo, dia 25/03, no Credicard Hall, 18/03 – RJ, 14/03 – Curitiba/PR e 24/03 em Florianópolis/SC.

5000 acessosGibson: as dez melhores composições épicas do rock5000 acessosBlack Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

Em entrevista exclusiva à ROCKPressBrasil, Doug Cosmo fala sobre o passado, influências e o que espera do público brasileiro.

RPBR: De quem foi a idéia de fazer o Creedence Clearwater Revisited e quando isso aconteceu?

Cosmo: A idéia foi minha e do Stu Cook, em 1995.

RPBR: Existem dois membros da formação original. Qual foi o critério para a escolha dos novos músicos?

Cosmo: Falamos com nossos amigos e dissemos o que estávamos tentando fazer. Tínhamos 10 vocalistas, 4 deles fizeram audições. John Tristao ganhou o posto com sua voz potente e grande personalidade. Ele faz seu trabalho toda a noite e alucina a galera.

RPBR: Que tipo de casas de shows vocês tem se apresentado?

Cosmo: Não importa onde tocamos. Amamos tocar, adoramos nossos fãs e a energia que trazem ao show.

RPBR: De onde vem as influências do Creedence?

Cosmo: Do Blues urbano e rural dos estados do sudeste dos Estados Unidos. O começo do Rock’n'Roll, era o que tocávamos quando crianças. Aprendemos a tocar juntos e trabalhamos por 10 anos antes do nosso primeiro “hit”, Susie Q.

Para conferir a entrevista na íntegra, acesse:
http://alemartinsport.wordpress.com/2012/03/14/creedence-cle...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Creedence Clearwater Revival"

Mais capasMais capas
A história do rock no Google Street View

IntrigasIntrigas
Bandas em família que terminaram mal

PerformancePerformance
Baixista rouba o show em cover do Creedence

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Creedence Clearwater Revival"

GibsonGibson
As dez melhores composições épicas do rock

Black SabbathBlack Sabbath
Tony Iommi explica o segredo para tocar "Paranoid"

R.E.M.R.E.M.
Banda é dona da faixa que mais faz homem chorar

5000 acessosDébil Metal: quando os fãs assustam os ídolos5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias5000 acessosZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy5000 acessosMetallica: como soaria "Hardwired" se tivesse sido gravada nos 80's?5000 acessosDire Straits: a história por trás da música "Money For Nothing"2997 acessosSteve Vai: a curiosa conexão com o hard rock fora da carreira solo

Sobre Alessandra Martins

Alessandra Martins é metaleira assumida. Respira música desde que nasceu. É Assessora de Comunicação e Relações Públicas, Tradutora (inglês, espanhol e italiano) e Fotógrafa da empresa RockPressBrasil. Já trabalhou com bandas como Fear Factory, Shaman, Korzus entre muitas outras.

Mais matérias de Alessandra Martins no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online