Slash: vocal do Little Caesar conta como foi o teste

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O site Sleaze Roxx entrevistou o frontman da decana banda hard oitentista LITTLE CAESAR e dentre vários temas abordados, RON YOUNG comentou seu teste para o primeiro projeto solo de SLASH pós-registros fonográficos do GUNS N’ ROSES, o SLASH’S SNAKEPIT. O que segue abaixo é a tradução da pergunte referente.

publicidade

SR: É verdade que você foi testado para o Slash’s Snakepit? Se for, como foi a experiência?

RY: Porra, você faz seu dever de casa! Eu trabalhei com Slash por alguns meses e quase comecei o disco com ele. Ele não tinha muita certeza do caminho que ele queria que a banda tomasse. Ele foi atrás de um estilo mais ‘Axl’ do que o meu. Foi divertido. Eu também fui vocalista do Red Hot Chili Peppers por alguns meses. Anthony estava tendo alguns problemas na vida dele e eles estavam pensando em mudar. Era pro (álbum) Uplift Mofo. Eu tinha escrito o disco todo e estávamos em pré-produção com Michael Beinhrorn quando Anthony se arrumou. Não era a mesma banda sem ele… foi uma experiência maravilhosa. Isso foi logo antes de Hillel morrer. Flea é o melhor e mais apaixonado músico com o qual eu jamais tive o privilégio de tocar.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

Notas altas: as dez mais impressionantes do Heavy MetalNotas altas
As dez mais impressionantes do Heavy Metal


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin