Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemShow do Dream Theater em São Paulo não será mais realizado no Pavilhão Pacaembu

imagemDavid Ellefson diz que ele e Mustaine são como "irmãos de mães diferentes"

imagem4 hits do Deep Purple cujos riffs Ritchie Blackmore já confessou ter copiado


2022/08/18
Stamp

Guns N' Roses: Dizzy explica o porquê de pianos e Pitman

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 11/05/12

O site norueguês METAL EXPRESS RADIO conversou recentemente com o tecladista do GN’R MKVII, Dizzy Reed. Dentre os tantos assuntos geralmente abordados, um trecho da entrevista foi selecionado por nós, e é ele que você pode ler traduzido abaixo.

MER: Você tocou teclado com o Guns N’ Roses nos dias dos álbuns ‘Use Your Illusion’ em 1990, quando foram gravados. A banda começou como um grupo básico de rock n’ roll, mais voltado pro som da guitarra. Por que você acha que eles sentiram necessidade de trazer um tecladista?

Reed: "Eu acho que a banda só queria expandir seus horizontes e poder tocar uma variedade maior de música do que eles faziam quando começaram. Os teclados apenas deram à banda uma dimensão a mais."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

MER: É difícil ver como ‘November Rain’, ‘Estranged’ ou ‘Civil War’ teriam ficado se a base musical da banda não tivesse se expandido.

Reed: "Aquelas músicas foram escritas no piano, e se você tirasse o piano, haveria muitos espaços vazios e muita baqueta esbarrando uma com a outra, seria desse jeito. Elas são grandes canções e ótimas de se tocar."

MER: Você tem Chris Pitman como segundo tecladista no palco. O que ele acrescentou à banda?

Reed: "Eu acho que se você prestar atenção nas músicas que tocamos ao longo dos anos, especialmente as mais novas, mas também o material de ‘Use Your Illusion’, então poderá perceber que eu só tenho duas mãos. Chris traz uma quantidade incrível de personalidade criatividade às músicas. É bom olhar pro lado e assistir a ele tocando no palco."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

As 10 músicas mais estranhas do Guns N' Roses, em lista do Ultimate Classic Rock

"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

Quando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

Dez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

Guns N' Roses amplia exigências para show em Ribeirão Preto

Toalhas, massagistas, rosas, as exigências do Guns N' Roses para o Rock in Rio

Regis Tadeu explica a "estranha sunguinha" do Axl Rose nos anos oitenta

Buckethead, ex-guitarrista do Guns, afirma que dez de suas guitarras foram roubadas

Aqueles momentos em que Slash quer ser apenas o Saul Hudson

Red Hot se junta ao grupo de bandas que lançaram dois discos no mesmo ano

Cinco clipes de bandas de rock que ultrapassaram 1 bilhão de visualizações - Parte 2

Slash acha que nunca teve uma cópia de "Appetite"; "Não coleciono nada disso"

Dez astros do rock e do heavy metal que chegaram aos 60 anos recentemente

Há 35 anos: Guns N' Roses lançava "Appetite For Destruction", um dos clássicos do rock

Cinco clipes de bandas de rock que ultrapassaram 1 bilhão de visualizações - Parte 1

Os dois motivos pelos quais James Hetfield odeia o Guns N' Roses

Guns N' Roses: vídeo mostra integrantes ontem e hoje

Myles Kennedy: de início, ele se negou a cantar com o Guns no Rock Hall

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.