Slayer: Kerry King fala sobre Hanneman e novas composições

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/06/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O guitarrista Kerry King, do SLAYER foi entrevistado pelo "Alternative Nation" da MTV por ocasião da apresentação da banda para mais de 3.000 pessoas na Romênia em 4 de junho. Trechos da entrevista você confere abaixo.

4290 acessosSlayer: Kerry King elege seus dez álbuns de metal favoritos5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Quando perguntado sobre o estado de saúde atual do guitarrista Jeff Hanneman (que em janeiro de 2011 contraiu fascite necrosante, provavelmente causada por uma picada de aranha, e foi submetido a cirurgias, enxertos de pele e de reabilitação intensa), King disse: "Jeff está... Se você olhar para ele, ele parece bem. Mas tocar as coisas complexas que nós fazemos, ele não está pronto para fazer isso. Ele não sabe se ele tem a energia para um set de uma hora e 15 minutos. Ele pode tocar qualquer uma das coisas mais lentas, exatamente como estão nos álbuns. Mas nós construímos um nome para nós mesmos, por ser historicamente bons ao vivo, por isso tivemos que tomar a decisão e dizer: 'Você tem que ficar melhor antes de tentar voltar. Se você voltar, tem que fazer uma coisa especial, não apenas uma coisa adequada".

King também falou sobre os rumores dos planos do Slayer de lançar um EP com duas músicas neste verão (nota: verão no hemisfério norte), possivelmente para coincidir com a apresentação da banda no festival Rockstar Energy Drink Mayhem. "As duas novas faixas do Slayer estão feitas, mas não foram mixadas ainda", disse ele. "A questão é, lançamos agora ou você apenas esperamos o full length e as incluímos como parte do pacote final? Vamos terminar o disco lá para setembro-outubro . Então eu, pessoalmente, prefiro esperar, porque eu não gostaria de lançar essas duas músicas e, em seguida, incluí-los no disco. No meu pensamento, se você lançar essas duas músicas, em seguida, tem que fazer mais dez canções e colocar as duas no álbum apenas como um adendo. Eu sinto que eu tenho que dar às pessoas dez novas canções. É por isso que no último ("World Painted Blood, de 2009) fizemos 11, por que 'Psychopathy Red' já tinha sido lançada. Então, as duas novas músicas estão feitas e vamos ver o que a gravadora propõe. Eu acho que eles tem falado de um EP, que é uma espécie de retrocesso aos anos 80, o que é muito legal, eu acho. Mas vamos ter que ver".

Falando à revista Metal Hammer, do Reino Unido, Kerry descreveu as novas músicas do Slayer como "muito revigorantes e energéticas". Ele acrescentou: "Uma coisa que eu posso dizer é que as músicas estão tomando forma no estilo clássico do SLAYER. Você não irá nos ouvir a fazendo coisas acústicas [risos]".

O baterista Dave Lombardo também tinha falado anteriormente sobre o novo material da banda: "Parece com SLAYER ... fãs tradicionais ficarão na paz e os outros vão dizer, tipo, 'Outra vez?'".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 14 de junho de 2012
Post de 19 de junho de 2012

SlayerSlayer
Kerry King elege seus dez álbuns de metal favoritos

774 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa399 acessosTudo no Shuffle: Thrash Metal, 10 Grandes Riffs586 acessosDave Lombardo: Ele quase morreu por overdose de café? Não!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

SlayerSlayer
É melhor não mexer com a família do Tom Araya...

Tom ArayaTom Araya
Os caras do Anthrax continuam iguais, eu não gosto de aparecer

SlayerSlayer
Os coquetéis da Jagermeister para a banda

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal5000 acessosPsicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia Eller5000 acessosFãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada um5000 acessosDee Snider: Kiss se vendeu e não deveríamos tê-los perdoado4779 acessosMetal Underground: 10 Bandas que você precisa ouvir5000 acessosHangar: Pesada troca de críticas entre Aquiles Priester e ex-vocalistas

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online