Ozzy Osbourne: Madman comenta seu problema com drogas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fábio Ruivo Brolo, Fonte: Hard N' Rocker
Enviar correções  |  Comentários  | 


177 acessosBlack Sabbath: rede Cinemark exibe filme sobre a banda5000 acessosAC/DC: setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

Em entrevista ao programa de rádio norte-americano In The Studio, em novembro de 2012, Ozzy Osbourne alertou os jovens músicos promissores a abraçarem ao maximo os seus primeiros anos de sucesso, antes que o ego e as preocupações com dinheiro atrapalhem a banda.

"Ter um carro, voar de primeira classe, fazer todas essas coisas é emocionante – é um sonho. A primeira parte do sucesso é muito divertida. Os dois primeiros álbuns que gravamos foram ótimos para nós, porque eramos jovens e curtiamos o momento. Então, de repente, tudo se tornou muito serio, as pessoas começam a dizer o que você deve e o que não deve fazer. "

Essa pressão acabou acarretando a infame dependencia de drogas do vocalista, e ele lembra que esse acabou sendo o motivo principal que o levou para fora do Black Sabbath

“No começo, todos tínhamos o mesmo objetivo. Mas com a chegada da fama, aconteceu o inevitável. A verdade é que o sucesso muda as pessoas, é impossível não ser assim. E isso me afetou. Me entupia de cocaína. Essa droga faz com que você saia falando as maiores merdas. Não havia problema no mundo que não se resolvesse em um banheiro de hotel com uma quantia de pó”.

Ozzy reagiu desde a sua maré mais baixa no final da década de 1970, culminando com a gravação de um novo álbum do Sabbath (que será lançado em 2013), o primeiro com o vocalista desde 1978. E ele permanece alerta sobre seus problemas com drogas.

"Eu não sou uma pessoa má ficando melhor, eu sou uma pessoa doente ficando bem", diz o cantor.

"Tanto a dependência de drogas quanto o alcoolismo são doenças fatais. Eu fui a dois centros de reabilitação e, em seguida voltei a usar. E, em seguida, parei novamente e então comecei novamente. Eu aceitei que eu tenho um problema com drogas e álcool. Que é um grande trampolim, você sabe. Estou muito feliz que eu ainda estou vivo, e também estou muito feliz que eu ainda posso colocar duas palavras juntas."

Sua mensagem para os artistas em ascensão é “Aproveite os primeiros anos, porque eles nunca irão voltar”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 27 de dezembro de 2012
Post de 02 de agosto de 2014

Black SabbathBlack Sabbath
Rede Cinemark exibe filme sobre a banda

534 acessosBlack Sabbath: "Ainda não parece que foi o fim", diz Iommi1226 acessosBlack Sabbath: "Children of the Grave" do filme "The End Of The End"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Os 10 melhores covers feitos por bandas famosas

Max CavaleraMax Cavalera
"Ozzy me encorajou muito depois que saí do Sepultura".

Black SabbathBlack Sabbath
"Minha atitude mudou em relação a tudo", diz Iommi

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Drogas e Álcool"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

AC/DCAC/DC
Setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

BateriaBateria
Imagine se ele tocasse equipamento mais decente

PoeiraPoeira
A fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

5000 acessosBandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco5000 acessosNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos5000 acessosSebastian Bach: descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo5000 acessosMorbid Angel: "banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval5000 acessosVan Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana5000 acessosPearl Jam: fama fazia Vedder se esconder na lavanderia

Sobre Fábio Ruivo Brolo

Fábio Ruivo Brolo, 21 anos, formado em tecnólogo em informática. Jundiaiense, Gunner desde os 13 anos de idade após assistir pela primeira vez o clipe de November Rain em um DVD que continha diversos clipes de rock. Além do Guns tem como bandas preferidas os grandes nomes do Heavy Metal e do Hard Rock. Tentando ainda em fase inicial se tornar um bom guitarrista um dia, porém enquanto não consegue se esforça para pelo menos contribuir com o mundo do rock com boas notícias e informações. Twitter @FBROLO.

Mais matérias de Fábio Ruivo Brolo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online