Paul Simon: cantando no funeral de professora heroina de Newtown

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 21/12/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

PAUL SIMON se juntou ao funeral de Victoria Soto, profesora da escola Sandy Hook, na quarta-feira (19 de dezembro). De acordo com o New York Daily News, o cantor pegou sua guitarra e, sem nenhuma introdução, executou "The Sound of Silence" no meio da cerimônia memorial para a professora de 27 anos de idade. Esta era a música favorita de Soto. Depois, ele voltou ao seu lugar, sem aplausos, "só um silêncio reverente".

5000 acessosEllen Jabour: Slayer, Metallica, Guns e Judas no seu Top105000 acessosMötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Os relatos afirmam que Soto escondeu seus alunos em um armário enquanto o assassino Adam Lanza invadia sua sala de aula. Ela, então, colocou-se no caminho das balas. SIMON conheceu a família Soto através de sua cunhada, que é enfermeira.

"Minha irmã deu a sua vida para salvar suas crianças, e se isso não é a força e heroísmo de verdade, eu não sei o que é", disse Carlee Soto durante a cerimônia. Outros parentes e amigos lembraram Victoria Soto como professora vibrante, que tinha desfrutado de uma infância feliz e ainda estava em contato com sua própria criança interior.

"Ela adorava dançar, ser boba, fazer as pessoas rirem e fazer coisas malucas", disse Rachel Schiavone, uma enlutada colega de faculdade.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 21 de dezembro de 2012

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Paul Simon"

Ellen JabourEllen Jabour
Slayer, Metallica, Guns e Judas no Top10 da modelo

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

AC/DCAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19855000 acessosRockstars: as filhas mais lindas dos astros do rock5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19865000 acessosAndy Warhol: da Colagem à Formatação do Kaos3669 acessosBaixistas: vídeo mostra os 10 maiores da história do Rock e Metal5000 acessosKiss: O segredo da maquiagem da banda

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online