Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Leviaethan: integrantres sofrem acidente de carro

Por Rafael Bernardes
Fonte: Facebook de Denis Black Stone
Em 25/02/13

Via Facebook de Flávio Soares (vocal e baixo)

"Isso é quase tudo que sei e lembro.

Nós do Leviaethan e os brothers da Xapparaw estávamos numa das 2 vans que saiu de Porto Alegre, indo tocar no 7° OTACÍLIO ROCK FESTIVAL 2013 em Otacílio Costa em SC. Saímos de madruga, de sexta pra sábado... e a viagem transcorria bem. Depois de passarmos o pior trecho da viagem pela serra com muitas curvas e neblina, estávamos, já de dia, por volta das 0700 de sábado, num trecho que era uma descida reta, e a van embalou. Só que um grandessíssimo filho duma puta que dirigia um caminhão de frutas, começou a nos ultrapassar e nos fechar, sem motivo, não havia ninguém na contramão, e nos fechou e bateu na frente da van, fazendo com que ela fosse em direção ao acostamento. Nosso motorista tentou voltar pra pista, só que perdeu o controle e atravessamos as duas mãos e batemos de frente num paredão e viramos. Quando abri o olho novamente, estava em pé mas meu chão era a lateral esquerda da van, na minha esquerda os bancos, na direita o teto, em cima de mim a janela do lado direito, atrás o bagageiro e na frente meus amigos amontoados pelo chão. Me deu uma pane e fiquei me olhando se eu tinha quebrado alguma coisa ou sangrado. Aparentemente, nada além do gosto de sangue na boca. Quando olhei pro braço do Ratão sangrando e os dedos deformados, junto com a gritaria do pessoal que resolvi começar a agir. Fiquei com medo que começasse a pegar fogo. Tentei abrir a janela de "cima" mas nenhuma saída de emergência, o jeito mesmo era as portas de trás da van, que nisso o brother Rafael Giovanoli e Oswaldo Frausto, que estavam na outra van que vinha atrás de nós, assistiram o acidente e foram os primeiros que vi tentando abrir as portas de trás. Comecei a chutar a porta e tentar abrir, e nada funcionava. Chutei e consegui quebrar os vidros, nisso saiu o Nicolas, filho do Flávio, eu não lembro como saí, mas certamente foi por algum vidro, pois lembro que vi já fora da van, umas pessoas que pararam pra ajudar e uma delas tinha um pé de cabra pra abrir as portas. Nenhuma operadora de celular funcionava. Depois que conseguimos abrir, tiramos o banco de trás da van e voltei pra começar a tirar o pessoal e as coisas de dentro da van. A essa altura, o motorista da outra van já tinha cortado o fio da bateria da nossa pra não pegar fogo, porque vazava óleo e já tinha usado um extintor. Uma ambulância chegou muito rápido, depois fiquei sabendo que eles estavam só passando por ali e já começaram a ajudar todos nós. o último que dava pra tirar da van era o Flávio, que tava sentindo a perna, mas estava em pé. Consegui tirar ele da parte da frente da van até o fundo, onde tinha uma mulher que era enfermeira e parou pra nos ajudar. Assim que conseguimos tirar o Flávio, fui ficar falando com o motora que estava no chão com muita dor. Segurar a mão dele era a única coisa que eu podia fazer. Quando a enfermeira voltou pra ajudá-lo, fui pra parte do painel (destruído) da van tentando achar os documentos e celular do motora. Eu fazia o que ela me pedia e também tentava quebrar o vidro da frente, mas desisti porque iria ser mais fácil tirá-lo pela parte de trás da van. Chegou outra ambulância e saí de lá pra dar espaço pra trabalharem e comecei a ver o resto do pessoal que estava já do lado de fora recebendo socorro.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Tá, cansei de digitar.

Resultado parcial com as notícias que tenho até agora: o motorista fraturou o fêmur e a bacia e está passando por cirurgias. O Flávio quebrou a tíbia e fez cirurgia hoje, receberá alta talvez amanhã. O Nicolas, vai fazer uma cirurgia pra reconstituir o nariz amanhã de manhã. Ratão levou 38 pontos ao todo no braço direito e não precisou amputar dedos, mão e braço. João Paulo Ourique da Xaparraw quebrou o braço direito. O Manoel teve fortes dores nas pernas e costas, mas está bem. Eu to com dor na canela esquerda, na bunda direita e suspeita de clavícula quebrada e amanhã vou no 3º hospital tirar raio x.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Apesar de tudo todos estão bem. Em nenhum momento perderam consciência.

E se bem conheço, logo estaremos juntos em cima do palco com volume no talo, azucrinando e enchendo o saco de todos vocês.
Meu muito obrigado a todo mundo que nos ajudou lá na hora e deu força o tempo todo e a vocês que estão ajudando agora.
Podem perguntar o que quiserem pra mim que assim que possível respondo."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

[an error occurred while processing this directive]

Sobre Rafael Bernardes

Skatista, pai de família e fã de rock! O skateboard veio primeiro, mas na ordem natural das coisas logo veio a música e hoje os dois tem papel vital na minha vida e da minha família. De muito tempo pra cá dou preferência ao mercado nacional, com ênfase ao Underground. Bandas favoritas: Viper, Korzus e Carniça.

Mais matérias de Rafael Bernardes.