Phil Anselmo: "meu disco solo vai mudar o jogo"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/02/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


3288 acessosPantera: não vai rolar reunião alguma, esqueça5000 acessosFrases de bandas: o que eles realmente querem dizer?

PHIL ANSELMO [DOWN, PANTERA, SUPERJOINT RITUAL] falou com a edição Britânica da revista METAL HAMMER do mês de fevereiro e não fez questão de parecer modesto ou contido sobre seu recém-lançado trabalho solo, “War of the Gargantuas”:

“Meu disco solo vai mudar as regras do jogo. Honestamente, ou vai passar batido pelas pessoas, ou elas verão que eu consegui escrever novos tipos de sucessos. Porque é difícil, é agitado. Eu gosto de chamar de música de colapso nervosa, mas todas as músicas tem gancho. Eu achei esse guitarrista que eu conheço desde sempre, desde a metade dos anos 80, fim dos anos 80… o nome dele é MARZI MONTAZERI [ex-Superjoint Ritual], ele é um guitarrista incrível. Um dos muitos guitarristas no começo dos anos 80 que eu ouvi Dimebag dizer algo de bom. Dimebag tinhas as opiniões dele, e normalmente, ele estava certo. Quando as pessoas falavam de Marzi, ele comentava tipo, ‘Woah, ele é muito fudido’”.

“War of the Gargantuas” é um EP de quatro faixas composto por duas novas empreitadas de Anselmo [duas são de sua banda solo, a PHILLIP ANSELMO AND THE ILLEGALS] e outras duas de seus afilhados da [gravadora] Housecore Records, o WARBEAST.

Nãoé, de modo algum, um exagero dizer que a faixa “Conflict” faz “Far Beyond Driven” [1994] soar como algo do Milli Vanilli do Metal, o Black Veil Brides.

A outra faixa de Anselmo, “Family, ‘Friends’ And Associates” é mais na veia do Superjoint Ritual, e ao lado de “Conflict”, atesta que a idade não amoleceu Anselmo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de fevereiro de 2013

PanteraPantera
Não vai rolar reunião alguma, esqueça

469 acessosResenha - Great Southern Trendkill - Pantera1361 acessosPantera: Apenas Demonstração Vulgar1178 acessosPantera: série de emojis da banda sai em setembro0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pantera"

Corpo fechadoCorpo fechado
Lista de rockstars indestrutíveis da Spin

Ultimate GuitarUltimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

PanteraPantera
A complicada relação dos irmãos Abbott com o pai

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Down"0 acessosTodas as matérias sobre "Pantera"0 acessosTodas as matérias sobre "Superjoint Ritual"

Frases de bandasFrases de bandas
O que eles realmente querem dizer?

Em 24/11/1991Em 24/11/1991
Morre Freddie Mercury, aos 45 anos de idade

JapãoJapão
Conheça dez bandas japonesas de Metal

5000 acessosMetal: você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 15000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas5000 acessosMötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda5000 acessosLemmy: "as pessoas se tornam melhores quando morrem"5000 acessosAxl Rose: em vídeo, a mudança no vocal de 1985 a 20165000 acessosThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online