Phil Anselmo: vocalista fala de sua relação com as drogas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 


3287 acessosPantera: não vai rolar reunião alguma, esqueça5000 acessosMetallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

O lendário vocalista do PANTERA disse ao New York Hard Rock Examiner em entrevista em fevereiro de 2013:

"Foram oito anos até que eu me livrasse das drogas mais pesadas, de modo que é uma grande conquista". Anselmo disse que a música do Down, "Nothing in Return", é baseada em suas experiências com a sobriedade e acrescenta, "É basicamente sobre dar a volta por cima. E eu fui um filho da puta no palco, fora de mim, bêbado, drogado, discriminado por dentro, ferido, me sentindo muito vulnerável, e para mim isso era uma sensação de desconforto. Eu disse coisas no microfone para milhares de pessoas que eu nem tinha idéia do que estava fazendo - falava mal de outras bandas, falava mal disto, daquilo e de outras coisas - e eu só soava como uma pessoa negativa, e eu não sou isso tudo".

O vocalista disse que sua positividade começou a brilhar quando ele estava sóbrio, e ele começou a perceber que poderia ajudar outros amigos que estavam lutando com seus próprios vícios. Ele lembra: "Fiquei realmente implorando a eles: 'Dê um passo adiante. Tudo que você tem que fazer é confiar em mim. Ouça-me. Nós vamos tirar você das drogas e toda a ansiedade ruim que vem com elas, essa doença, através da desintoxicação, ela vai embora. Você pode voltar a ser aquela pessoa de antes, entende?"

Apesar que a sua mensagem, no geral, seja para aqueles que lidam com este vício, Anselmo sabe que às vezes ouvir essas palavras não é a coisa mais fácil de se fazer. Ele acrescenta: "Uma vez que você conquistou alguma coisa e você tenta dizer a alguém sobre isso, eles estão em um momento tão difícil, que é como falar com a parede. Eles não te dão ouvidos, e este é o caso, na maioria das vezes... Você não pode ganhar o tempo todo".

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 07 de fevereiro de 2013
Post de 10 de março de 2017

PanteraPantera
Não vai rolar reunião alguma, esqueça

469 acessosResenha - Great Southern Trendkill - Pantera1361 acessosPantera: Apenas Demonstração Vulgar1178 acessosPantera: série de emojis da banda sai em setembro0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pantera"

Black Label SocietyBlack Label Society
A falta que faz Dimebag Darrel

VideoVideo
Metallica, Slayer, Slipknot, Pantera e A7X sem distorção

Pra ouvir e discutirPra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1994

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Down"0 acessosTodas as matérias sobre "Pantera"

MetallicaMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Lady GagaLady Gaga
"O Iron Maiden mudou a minha vida!"

Ozzy x SharonOzzy x Sharon
Conheça a mulher que supostamente causou a separação

5000 acessosOverkill: mandando recado ao Avenged Sevenfold5000 acessosMegadeth: os 10 bens mais preciosos de Dave Mustaine5000 acessosSepultura: Andreas Kisser comenta os primórdios da banda5000 acessosMetallica: Lars diz que Arctic Monkeys é Heavy Metal5000 acessosNirvana: veja fotos raras da banda no Brasil em 19935000 acessosRob Halford: plágio em camisetas tem um lado positivo

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online