Slash: respondendo a perguntas de fãs franceses

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O site francês dedicado totalmente ao emblemático guitarrista inglês SLASH [GUNS N’ ROSES, VELVET REVOLVER] SLASH FRANCE conversou com seu totem de adoração nessa semana e redigiu uma entrevista muito interessante, obviamente elaborada por fãs, para outros fãs. Confiram a tradução.

publicidade

Nós sabemos que há sobras de estúdio de "Apocalyptic Love"; Eric Valentine mencionou "Hold The Line" e a descreveu como uma de duas canções favoritas em Apocalyptic Love. Você pode nos falar um pouco mais sobre ela?

"Hold The Line"? [pensando...] Eu tenho quase certeza de que esse é o título original de "Crazy Life".

Há muitas guitarras em "Apocalyptic Love", você já pensou em lançar um livro com tablaturas com as músicas dele? Os fãs gostariam muito...

A razão pela qual nós não lançamos um livro é porque tudo está disponível online. A internet está matando o ramo de livros de partituras.

publicidade

Você leu as autobiografias de Duff ou de Steven Adler? Caso sim, o que achou delas?

Eu não li nenhum dos livros deles. Eu os conheço, por que eu iria querer ler os livros deles? Parece obsessão persecutiva.

Quando você viu Izzy Stradlin pela última vez?

A última vez que vi Izzy Stradlin foi quando ele veio e tocou em "Ghost" Eu tenho estado em turnê desde então. Nós trocamos mensagens de texto frequentemente, contudo.

publicidade

Você é influenciado por bandas novas quando compões material novo?

Eu ouço tudo, novo e velho. Se eu ouço qualquer coisa nova e inspiradora, isso pode me dar novas ideias.

Com que equipamento você gravou o tema de ‘Angry Birds’. Foi só com seu iPad no seu quarto de hotel? Porque não soa como uma demo...

Eu gravei "Angry Birds" no meu computador com o Amplitube em um quarto de hotel durante a turnê.

publicidade

Nós sabemos que você gosta de bandas de Metal como GOJIRA e MACHINE HEAD, mas e bandas de rock como Muse?

Tem coisas excelentes no novo CD do Muse. Esse último deles foi a primeira vez que eu prestei atenção de fato no Muse. Eu gosto deles.

Você está trabalhando em novo material para um álbum dos Conspirators, vamos ver riffs épicos e músicas como ‘Anastasia’?

Você nunca pensa sobre o último álbum quando está fazendo um novo. Exceto quando é pra se fazer o mesmo disco duas vezes.

publicidade

Não sabemos se você vai revelar alguma coisa sobre a nova linha AFD vermelha da Gibson ou da Marshall, mas vamos perguntar!

Estamos resolvendo os detalhes com o vermelho ‘inspirado’ por AFD. Nada de novo quanto a uma nova série da Marshall. Apenas discutindo novas ideias.

Última pergunta: sobre "Nothing Left To Fear", alguma chance de lançar a trilha sonora em CD junto com o filme?

Haverá uma trilha sonora. Exceto pela música-tema, muito pouca guitarra na trilha sonora. Mas eu co-escrevi muito dela.

publicidade

Estamos alcançando 70 mil fãs na página do Facebook do Slashfrance.net e seus fãs franceses não param de crescer. Algo a dizer pra eles?

70 mil?! Diga a todos eles que eu realmente sou agradecido pelo apoio. Mais do que eles possam se dar conta. Mal posso esperar para lançar um novo disco ano que vem.

Muito obrigado pelo seu tempo, Slash!

Sem problema! Saudações!

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta

Led Zeppelin: O lendário encontro com o Rei do Rock, Elvis PresleyLed Zeppelin
O lendário encontro com o Rei do Rock, Elvis Presley


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin