Led Zeppelin: fita de rolo de Houses of the Holy à venda no Ebay

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/03/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


2340 acessosLed Zeppelin: Dando peso ao trailer de Thor Ragnarok5000 acessosDimebag: como ele transformou Dave Grohl no cara mais legal do rock

Títulos lançados em fita de rolo tem sido o cálice sagrado dos colecionadores faz tempo – especialmente porque mesmo no auge, elas nunca venderam muito bem. O formato foi introduzido em 1949, e tinha bem por dizer morrido no começo dos anos 70. Havia, no entanto, alguns poucos títulos ainda sendo fabricados na época, incluindo o álbum ‘Houses Of The Holy’, do Led Zeppelin- uma cópia dele tendo sido vendida no EBAY essa semana por US$239.50, com 46 lances.

Apesar de o vinil ter tido uma reaceitação nos últimos anos, não se apostaria na mesma coisa acontecendo com as fitas de rolo. O formato nunca ganhou espaço do modo que as fitas portáteis fizeram. Os cassetes – e as outrora populares 8-tracks – tornaram-se os formatos não-vinil da época, com a fita de rolo sendo associada a títulos de música clássica. Ao longo dos anos 60, contudo, muitos títulos de rock e pop foram lançados em fita de rolo.

Uma pesquisa rápida no Ebay oferece mais de 3 mil ofertas em fitas de rolo, com tudo desde ‘Fireball’ do Deep Purple, até ‘De Capo’, do Love. Há até uma fita quadrofônica dos Doobie Brothers entre elas! Na maioria dos casos, é o artefato e o formato que compõem o valor, ao invés da qualidade de áudio – apesar de haver uma pequena tribo de audiófilos por aí que juram que as fitas de rolo originais são o máximo da qualidade de som.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Steve VaiSteve Vai
A música que o fez querer ser guitarrista

2340 acessosLed Zeppelin: Dando peso ao trailer de Thor Ragnarok689 acessosEduarda Henklein: tocando e cantando "Immigrant Song" do Led1149 acessosDinamarca: garotinha de 10 anos ganha programa tocando Led e RATM0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Stairway To HeavenStairway To Heaven
Site tenta reunir mais de 100 versões do clássico

Led ZeppelinLed Zeppelin
"A banda ainda não acabou", diz Jimmy Page

PoeiraPoeira
A fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de março de 2013

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

DimebagDimebag
Como ele transformou Dave Grohl no cara mais legal

Guns N RosesGuns N' Roses
Autor afirma que Mike Patton cagou no suco de Axl

GóticasGóticas
10 grandes bandas do gênero dos anos 80

5000 acessosMônica Guedes: "seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"5000 acessosRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal5000 acessosGuns N' Roses: Em vídeo de 1993, Axl Rose detona o Metallica5000 acessosKiss: "Gene é viciado em sexo", diz Ace Frehley4122 acessosSepultura: os álbuns da banda, do pior para o melhor5000 acessosZakk Wylde: guitarrista critica Axl Rose em seu Twitter

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online