Sepultura: filmagem de 1995 com tribo Xavante

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 


3453 acessosWacken 2017: vídeos proshot de Megadeth, Kreator, Amon Amarth, etc5000 acessosDoors - Perguntas e Respostas

Uma filmagem do SEPULTURA gravando com os Xavantes, uma tribo indígena do Mato Grosso, em novembro de 1995 pode ser vista abaixo.

O álbum de 1996, “Roots”, trazia a música “Itsari” (Roots, ou raízes, na língua Xavante), que foi gravada durante a estadia da banda com a tribo, como parte de uma cerimônia de cura. Um pequeno número de Xavantes inclusive viajaram para São Paulo, para participar do concerto “Barulho Contra a Fome”, de 1998, que marcou o início da turnê do grupo para seu próximo álbum, “Against” (como foi documentado pelo “Choke).

Quando perguntado sobre esta colaboração com a tribo, o baterista do SEPULTURA, Igor Cavalera, disse em uma entrevista de 1996: “Após o trabalho com os ‘Kaiowas’ no ‘Chaos AD’, nós pensamos que a única coisa que poderia ser melhor que isso, seria realmente gravar algo fora de controle com eles.”

“Todos temos ancestrais – ancestrais indígenas do Brasil. Todos no SEPULTURA, exceto Andreas [Kisser, Guitarrista], que tem uma herança totalmente europeia, visto que sua família veio para o Brasil após a guerra. Eu, Max [então vocalista do grupo] e Paulo [baixista], metade de nosso familiares são nativos do Brasil, então é algo realmente especial para nós colocar isto no álbum e ser parte disto.”

“Toda a viagem foi algo que nós pensávamos ser impossível. Com sorte nós falamos com as pessoas certas, e nós não precisamos ter que passar pelo governo do Brasil para que isto fosse feito. Nós fomos diretamente à pessoa que representa a tribo. Isso foi incrível. Foi somente sobre a música. O assunto principal foi a música.”

“A maioria das pessoas brancas que iam lá estavam estudando ou fazendo pesquisa sobre a tribo, então eles não tinham relações com eles... então conosco, eles estavam realmente feliz de nos ter lá, porque nós não os tratávamos como aberrações... Foi somente música. A troca, sabe. Nós não tínhamos compromisso com eles, o que para nós, era realmente importante. Não era como o STING, que vai à tribo e depois tenta fazer algo pela tribo, para salvar a tribo. Nada assim. Nós chegamos lá sem compromisso, só queríamos tocar nossa música e foi isso.”

Sobre como o SEPULTURA escolheu a tribo XAVANTE para colabora, Igor disse: “Eu acho que o principal foi que nós não teríamos que falar com eles através do governo. O fato de nós termos escolhido os Xavantes, foi porque era a nossa palavra e as palavras deles. Não tinha merda envolvida.”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de março de 2013
Post de 27 de maio de 2015

Wacken 2017Wacken 2017
Vídeos proshot de Megadeth, Kreator, Amon Amarth, etc

927 acessosSepultura: Galeria de fotos da apresentação no SESC em São Paulo482 acessosPanelaço do João Gordo: Quinoto Oriental com Jean Dolabella312 acessosSepultura: Andreas Kisser é entrevistado no Thunder Rádio Show1169 acessosSepultura: vídeo profissional de "Kairos" em São Paulo115 acessosButeco do Rock Podcast: álbuns de 20170 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

Iggor CavaleraIggor Cavalera
Ele cria os cinco filhos para serem amigos e companheiros

Max CavaleraMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido os dois e mantido o nome"

Andreas KisserAndreas Kisser
"Pirataria é o efeito colateral do monopólio das gravadoras!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"

DoorsDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

MetalMetal
Nomes do gênero que assumiram ser cristãos

ShamanShaman
Fernando Quesada desabafa sobre cena brasileira

5000 acessosCapas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem a artistas e bandas - Parte 15000 acessosMetal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.com5000 acessosMegadeth: Mustaine dá sua opinião sobre selfies em shows5000 acessosIron Maiden: os incidentes que envolveram a banda no Brasil5000 acessosDuff McKagan: questionando o "estilo de vida Rock and Roll"

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online