Van Halen: Wolfgang revela algumas de suas influências musicais

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Giovanni G. Melo, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 11/03/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Wolfgang Van Halen, baixista do VAN HALEN e do TREMONTI, cresceu como filho de um dos maiores guitarristas da história do rock e aprendeu a tocar com a ajuda de seu pai. Mas o baixista disse ao The Pulse of Radio que houve um momento em que descobriu suas próprias influências musicais. "A primeira banda com que realmente me empolguei foi com o BLINK-182, porque achei o Travis Barker um baterista fantástico e adorei o jeito como os dois cantores harmonizavam - realmente me encantou, a harmonia, a bateria e as outras coisas", disse ele. "Mas a grande banda que me direcionou para um som mais pesado foi provavelmente o TOOL. Gostei dos tempos estranhos que a banda toca e o quão pesado soa - Danny Carey é um baterista que me influenciou demais, além do baixista Justin Chancellor."

5000 acessosTop 20: os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR5000 acessosSlipknot: Veja membros atuais sem máscara

Wolfgang aprendeu a tocar guitarra e bateria antes de migrar para o contra-baixo um ano antes da turnê de reunião do VAN HALEN com o vocalista David Lee Roth.

Com o VAN HALEN parado no momento, o baixista está em turnê com o TREMONTI, sua banda com o guitarrista do CREED e do ALTER BRIDGE, Mark Tremonti.

Esta turnê marca a primeira vez que Wolfgang toca com alguém além de seu pai, seu tio Alex Van Halen e David Lee Roth. Tremonti disse que espera que Wolfgang toque baixo em seu próximo disco solo e que continue excursionando com ele.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de março de 2013

Top 20Top 20
Os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR

436 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Van Halen"

Eddie Van HalenEddie Van Halen
Guitar World elege os 10 maiores solos

Tina STina S
Detonando "Eruption", do Van Halen, aos 14 anos

Van HalenVan Halen
Prejuizo de 85 mil dólares por causa de um M&M marrom

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Van Halen"

SlipknotSlipknot
Veja membros atuais sem máscara

AngraAngra
Aquiles detona ex-companheiros de banda em workshop

QueenQueen
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosPink Floyd: Nick Mason compara saída de Waters à morte de Stalin5000 acessosDave Mustaine: detratores são cruéis, mas não burros5000 acessosCopa do Mundo: Mojo elege as 15 canções mais incríveis do Brasil

Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N´ Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online