Black Sabbath: Ozzy fala da inspiração para "God Is Dead?"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 19/04/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


1499 acessosBlack Sabbath: quando eles sacanearam ocultistas de modo inusitado5000 acessosGuns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da banda

O público ainda está se familiarizando com "God Is Dead?", faixa épica que acabou de ser lançada pelo BLACK SABBATH como o primeiro single do seu tão aguardado álbum "13". Ozzy Osbourne tirou um tempo na Austrália, onde a banda se prepara para a turnê, e falou com Zane Lowe da BBC, sobre o novo álbum do grupo, e ele também falou a inspiração para o novo single.

"Cheguei a este título enquanto estava no escritório de alguém e havia uma revista na mesa que dizia, 'Deus está morto', e de repente eu pensei a respeito do 11 de setembro (atentado terrorista ocorrido nos EUA em 2001) e todas estas coisas sobre terroristas e religião e quantas pessoas morreram em nome da religião", explicou Ozzy. "Quando você pensa sobre a tragédia que aconteceu naquela época, foi exatamente o que veio em minha mente. Você acha que agora o seu Deus parou de deixar as pessoas morrerem em nome dele, então eu comecei a refletir no que as pessoas devem estar pensando: 'Onde está Deus? Deus está morto' e ele só me castiga".

Enquanto uma simples visão no título da canção possa causar um pouco de entusiasmo, é importante notar que há um ponto de interrogação no final. Osbourne aponta que a afirmação é mais uma discussão com um raio de esperança. Ele disse a Lowe, "No final das contas, ainda há um pouco de esperança, porque nesta parte eu canto que eu não acredito que Deus esteja morto. É apenas uma questão de quando você vê tantas pessoas terríveis matando umas as outras com bombas, como aquilo que aconteceu com o World Trade Center".

Perdido na escuridão
Me afasto da luz
Rezo para meu pai, meu irmão, meu criador e salvador
Me ajudar a sobreviver à noite

Sangue na minha consciência
E assassinato na mente
Escapando da melancolia, me ergo da tumba rumo a um destino nefasto iminente
Agora meu corpo é meu santuário

O sangue corre livremente, a chuva se torna vermelha
Me dê o vinho e fique com o pão
As vozes ecoam na minha cabeça: Deus está vivo ou Deus está morto?
Deus está morto?

Rios de maldade correm por terras moribundas
Nadando em sofrimento, eles matam, roubam e pegam emprestado
Não existe amanhã para os pecadores, que serão punidos

Do pó ao pó, não é possível eximir sua alma
Em quem confiar quando corrupção e luxúria, o credo dos injustos
Te deixam vazio e incompleto?

Quando esse pesadelo vai acabar?
Me diga quando vou poder esvaziar minha cabeça?
Alguém me dirá a resposta?
Deus está mesmo morto?
Deus está mesmo morto?

Você diz: "Deus é sua filosofia até seu último suspiiro"
Me transfiro da realidade para uma pequena morte
Me aproximo dos inimigos até a hora certa
Com Deus e Satanás ao meu lado, a escuridão chegará à luz

Vejo a chuva se tornar vermelha
Me dê mais vinho
Não preciso de pão

Essas charadas que vivem em minha cabeça
Não acredito que Deus esteja morto
Deus está morto

Não adianta correr
Não adianta se esconder
Me pergunto se iremos nos encontrar de novo do outro lado

Você acredita em alguma coisa
O que o bom livro diz?
Ou é tudo um conto de fadas sagrado e Deus está morto?

Deus está morto
Deus está morto
Deus está morto

É Isso!

E as vozes na minha cabeça
Estão me dizendo que Deus está morto
O sangue corre, a chuva se torna vermelha
Não acredito que Deus esteja morto

Deus está morto
Deus está morto
Deus está morto

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 19 de abril de 2013

Black SabbathBlack Sabbath
Quando eles sacanearam ocultistas de modo inusitado

922 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo1906 acessosBlack Sabbath: veja unboxing da "The Ten Year War"1312 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"Pessoas morreram fazendo a metade do que eu fiz!"

Heavy MetalHeavy Metal
Livro é obrigatório para os fãs do gênero

VíciosVícios
As 10 melhores músicas sobre drogas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

Guns N RosesGuns N' Roses
Os 10 melhores não-clássicos da banda

RodolfoRodolfo
"O rock brasileiro entrou numa crise desde o começo dos anos 2000"

Collectors RoomCollectors Room
A imensa coleção do apresentador Vitão Bonesso

5000 acessosTradução - The Wall - Pink Floyd5000 acessosEm vídeo: A diferença entre ser músico e ser rockstar5000 acessosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçados5000 acessosMichael Jackson: o rei do pop cometeu alguns plágios na carreira?5000 acessosOzzy Osbourne: de "saco cheio" de Lady Gaga5000 acessosMetallica: Lars fala muito e deveria apanhar, diz Sharon Osbourne

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online