No Way: heavy metal não é mais "som de homem"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Marques Foresto, Fonte: Warlock Produções, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A vocalista Diana Arnos, prestes a lançar o CD "Rising Brutality", primeiro álbum da banda de heavy thrash No Way, aproveitou uma conversa com a organização do Metal Grrrlz Fest para falar sobre o espaço das mulheres no heavy metal.

"Hoje é comum aparecerem bandas com mulheres, sem o estigma de "som de homem". Uma mulher toca e canta do jeito que quiser, do sinfônico ao black metal e já é aceita muito bem na cena", disse a vocalista.

O No Way se apresenta no Blackmore Rock Bar com Ecliptyka, Fire Strike, Midnightmare, Marie Dolls e Necromesis no dia 19 de Maio, em uma celebração do heavy metal feminino.

"É uma oportunidade muito legal de juntar bandas de estilos diferentes que estão provando faz um tempo que a mulher venceu qualquer preconceito dentro do heavy metal e mostrar isso pro público da melhor maneira: fazendo shows pra botar a casa abaixo!", finalizou Diana.

Para saber mais sobre a banda, acesse:
www.brnoway.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: a música Wasting Love é um Plágio?Iron Maiden
A música "Wasting Love" é um Plágio?

História do Rock: dos primórdios aos anos 70História do Rock
Dos primórdios aos anos 70


Sobre Rodrigo Marques Foresto

Headbanger há duas décadas, já escreveu para as revistas Valhalla, Comando Rock e Strike. Organiza eventos de Metal e também trabalha com merchandising para bandas independentes. É um entusiasta do Metal Feminino e também do Metal Nacional e seus gêneros favoritos são heavy, thrash e hard. Contato: [email protected]

Mais matérias de Rodrigo Marques Foresto no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin