Zakk Wylde: "A pirataria jamais afetará a música"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

BOB ZERULL do site ZOIKS! ONLINE conduziu recentemente uma entrevista com ZAKK WYLDE [BLACK LABEL SOCIETY, OZZY OSBOURNE]. Alguns trechos traduzidos da entrevista podem ser lidos abaixo.

[...]

Zoiks!: A indústria musical está se destroçando agora. O RADIOHEAD tirou suas músicas do [serviço de assinatura] SPOTIFY recentemente. Você acha que essa é a resposta?

ZAKK: Qualquer uma das bandas que eu gosto no iTunes e coisa do tipo, é ótimo. Eu ainda compro discos de todos meus artistas favoritos, seja de ROBIN TROWER ou ROBERT PLANT. Se eu quero comprar um disco novo do JOHN MCLAUGHLIN ou de AL DI MEOLA, eu simplesmente compro do iTunes e coloco no meu iPod. Desde que você possa comprar e pagar aos artistas. Nem é tanto o artista, você está pagando o artista, mas é o engenheiro do estúdio. Meu sobrinho não entende: "São apenas 10 dólares". Sim, mas custa dinheiro fazer discos. Uma banda iniciante, eles ainda tem pagar o estúdio por hora, eles tem que pagar o engenheiro e toda essa gente. É o efeito da contra-distribuição. Trata-se disso. Quanto a voltar à normalidade, esquece. Isso se extinguiu, foi exterminado, evaporou-se. Se as pessoas podem fazer um download e pegar de graça, então por que elas pagariam por isso? A realidade é essa.

publicidade

Zoiks!: E isso afeta a música em si?

Zakk: Eu acho que qualquer banda que você realmente ame… eu acho que o LED ZEPPELIN ainda faria discos do LED ZEPPELIN, o AC/DC ainda fará discos do AC/DC e é isso que eles deveriam fazer de qualquer jeito. Sejam lá quais das bandas novas como o FIVE FINGER DEATH PUNCH ou o AVENGED SEVENFOLD ou as bandas mais jovens, apenas deixem que eles continuem gravando os discos que elas querem gravar. O BLACK VEIL BRIDES, os garotos mais jovens vindo por aí. Eu não acho que isso jamais será afetado… o fato de que há downloads… as pessoas ainda vão fazer a música que elas amam fazer. Isso não me afeta em nada. É desse jeito. Você só tem que continuar tentando fazer os melhores discos que conseguir, só isso.

publicidade

Zoiks!: Recentemente, DAVID DRAIMAN [DISTURBED, DEVICE] se pronunciou sobre a capa da Rolling Stone com uma foto do suspeito de terrorismo na maratona de Boston Dzhokhar ‘Jahar’ Tsarnaev. O que você acha?

Zakk: Eu sei o que a Rolling Stone está fazendo. Eles só querem cobrir o que levou esse moleque a fazer isso. A matéria é essa. Eles colocaram Charles Manson na capa. Por que esse imbecil fez isso? Eu acho que é mais ou menos isso. Eu não acho que eles o estejam glorificando ao colocá-lo na capa. Meus amigos dizem que eles deveriam colocar as vítimas na capa e a matéria dentro. Ninguém está tentando tornar esse cuzão numa porra de herói. Você também pode colocar o Bin Laden na capa. A razão pela qual ele está colocando ele na capa é por causa da matéria por detrás do que o causou a ser o chefe da Al Qaeda. Você não está colocando ele ali porque um dia alguns moleques podem se inspirar e tentar e se forem cretinos desse tipo vão sair na capa da Rolling Stone, mas eu entendo porque as pessoas ficaram aborrecidas com isso. Mas é o que é. Eles só estão tentando escrever sobre o porquê de esse moleque ter feito essa merda. [...]

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: quais as 10 melhores vozes da história?Heavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

Meet & Greet: Como os roqueiros de verdade se comportamMeet & Greet
Como os roqueiros de verdade se comportam


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin