Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemRafael Bittencourt, do Angra, explica por quê está usando unhas postiças

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post

imagemEsposa de Rafael Bittencourt revela o que mais a atraiu no começo do namoro

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que os headbangers idolatram 1986

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...


Stamp

Sepultura: para Kisser, tocar com Max novamente não faz sentido

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 23/10/13

Zisis Petkanas do site grego Rock Overdose conduziu recentemente uma entrevista com o guitarrista do SEPULTURA, ANDREAS KISSER. O que segue abaixo é um trecho traduzido da conversa.

Perguntado sobre o ex-frontman da banda, MAX CAVALERA – que dissera recentemente que o Sepultura sem os irmãos Cavalera é como o MEGADETH sem DAVE MUSTAINE – Kisser respondeu: "Eu respeito qualquer tipo de opinião".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele continuou: "Você nunca sabe se o Megadeth sem Dave Mustaine poderia acontecer. Foi a mesma coisa com o BLACK SABBATH sem OZZY. E vimos coisas muito boas do Sabbath sem Ozzy, ou o VAN HALEN sem DAVID LEE ROTH. Ou, você nunca sabe se o LED ZEPPELIN poderia ter existido sem ROBERT PLANT ou algo do tipo. Algumas coisas aconteceram, algumas não. Qualquer coisa é possível."

"Se você faz música honesta, se você ama o que você faz, todo o resto é apenas uma consequência. Quer dizer, há tantas ideias sobre o que o Sepultura deveria ser em tantas cabeças ao redor do mundo, e eu as respeito todas. É por isso que tocamos músicas desde velha formação do Sepultura até as novas."

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Max é uma pessoa completamente diferente hoje em dia. Eu não conheço mais esse cara, quer dizer, eu conhecia o Max dos anos 90, mas ele mudou tanto e mudou tanto sua música – ele tem uma banda totalmente diferente do que o Sepultura é hoje."

"Eu não vejo sentido algum em tocarmos juntos de novo ou algo do tipo. Ele saiu da banda. Foi escolha dele sair. Ele não brigou pelo nome. Nós ficamos com o Sepultura, nós mantivemos o Sepultura unido – eu, Paulo e Igor. Tivemos que lidar com todas as coisas boas e más do Sepultura, e tivemos que trabalhar para reconstruir uma estrutura, achar um novo empresário, achar novos produtores, para resolver todo o caos no qual estávamos naquele momento e tudo mais, e daí, eis que estamos aqui, celebrando o que o Sepultura é, tocando música e curtindo o que fazemos, sem sermos escravos de nosso passado."

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Os críticos podem dizer o que quiserem. Eles tem uma opinião, eles tem uma boca, então que se manifestem, é assim."

"Há tantas aspirações no mundo – há pessoas que desejam tantas coisas diferentes. Elas podem fazer tudo que quiserem. Mas isso não vai mudar o que acreditamos, isso está muito claro e muito natural em nossos corações e mentes, e é por isso que ainda estamos aqui. E todo o resto são apenas opiniões. É só."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Max Cavalera: "Me mostra uma canção boa feita depois que saí"


Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.