Edu Falaschi: o Angra me impulsionou e eu sempre serei grato

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/10/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista do ALMAH, Edu Falaschi, concedeu uma entrevista para o site espanhol LaEstadea.com, onde o músico falou sobre sua carreira no ANGRA. Confira um trecho da entrevista abaixo:

2752 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"5000 acessosDiscórdia: alguns dos maiores insultos entre artistas

LaEstadea: Alguns meses atrás, nós também conversamos com um de seus ex-colegas do Angra. Um tema de conversa foi a sua saída do grupo, e claro, queremos ouvir o que você tem a dizer sobre isso...


Edu Falaschi: Bem, a verdade é que existem muitas coisas (más) que não tem muito a ver com a música, então eu não vou entrar em detalhes. O importante é que depois de passar por muitos momentos tensos e decepções, que começaram em 2003, eu comecei a sentir um cansaço físico e mental. Então, depois de 10 anos eu decidi que era o suficiente. Nem queria continuar cantando as músicas de Andre Matos, são muito boas, mas não é o ajuste natural para a minha voz, eu estava me prejudicando, então eu decidi seguir meu caminho!

LaEstadea: A partir do seu ponto de vista, o que valeu a pena nesses 10 anos?

Edu Falaschi: Se eu comparar os pontos negativos com os positivos, a verdade é que os pontos positivos seriam bem maior. O Angra me deu tudo que eu tenho hoje, é claro, o meu esforço e o meu talento também foram o bastante, mas o Angra me impulsionou na minha carreira, então eu sempre serei grato por esses 10 anos cantando e compondo com eles. Mesmo assim, eu acho que a coisa mais importante que eu ganhei nos últimos 25 anos, foi o reconhecimento dos fãs que encontrei por todo o mundo e sempre irei me lembrar disso.

Leia a entrevista completa (em espanhol) no link abaixo:
http://www.laestadea.com/2013/10/entrevista-con-edu-falaschi...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Edu FalaschiEdu Falaschi
Vamos surpreender na segunda parte da turnê Return of Shadows

2752 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"197 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Álbuns ConceituaisÁlbuns Conceituais
Blog elege o top 10 do Metal

Ed MottaEd Motta
Brasileiros que tocam no exterior discutem desabafo

AngraAngra
Ouça o cover de "Walk" do Pantera com Renatón nos vocais

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Edu Falaschi"0 acessosTodas as matérias sobre "Almah"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

DiscórdiaDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

Ratos de PorãoRatos de Porão
João Gordo crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!

MetallicaMetallica
Joguem este processo no lixo, dizem para banda cover

5000 acessosNirvana: "Teoria é um desperdício de tempo", dizia Kurt5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil5000 acessosClassic Rock: as 10 melhores baladas dos anos 804880 acessosPantera: qual a verdade sobre a imagem do Vulgar Display of Power?5000 acessosBonnie Rotten: estrela pornô fala do amor ao Metal5000 acessosJeff Scott Soto: "tinha medo do Kiss quando era criança"

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online