Stevie Ray Vaughan: há 30 anos, o épico encontro com Albert King

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Breno Airan, Fonte: Youtube
Enviar Correções  


Há exatos 30 anos, o garoto prodígio do Blues, STEVIE RAY VAUGHAN (SRV), se encontrava em cena com o bluesman ALBERT KING, no CHCH-TV do Canadá.

Naquele 6 de dezembro de 1983, a dupla gravou ao vivo o álbum "In Session", que só saiu nove anos após a trágica morte de SRV.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dentro do estúdio, os dois brincaram bastante, apesar de tocarem algumas lamentosas músicas de artistas como BB King, Aaron "T-Bone" Walker, Blind Lemon Jefferson, Hudson Whittaker e canções autorais de ambos.

Este foi o primeiro passo para SRV se tornar mais tarde uma lenda texana do estilo, visto que ele acabara de pôr nas prateleiras seu debut "Texas Flood", com produção do lendário John Hammond.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao que consta, este registro – a primeira das duas contribuições entre Albert King e Stevie – não era para ser divulgado na forma física. Produzido por Ian Anderson, ele acabou ganhando um DVD em setembro de 2010 e aumentou ainda mais a admiração dos fãs pela figura humilde do futuro bluesman – há imagens que não tinham ido ao ar pelo programa canadense. O espetáculo teve como diretor Ron Meraska e produtor executivo William C. Cooke.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É interessante frisar que, a princípio, Albert não sabia quem era SRV. Em um dos momentos do show, ele fala justamente: "Quem diabos é Stevie Ray Vaughan? E agora eu estou aqui".

É que, dez anos antes, em 1973, King fazia um show num clube de Blues de Austin, capital do Texas, chamado Antone’s, e o dono do estabelecimento, Clifford Antone, havia falado que um garoto magrinho de 19 anos de idade sabia tocar maravilhosamente bem.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Intrigado, ele pediu para que o jovem subisse no stage. Desta feita, o tímido SRV tocou alguns licks que o próprio Albert costumava fazer. Após um instante de silêncio, os músicos de apoio estavam boquiabertos e o bluesman cingiu o pescoço do garoto e o parabenizou. A plateia fez um coro de "uau!", que terminou em palmas após a pequena apresentação.

Neste "In Session", SRV agradeceu os elogios feitos desde então e teve a honra de poder tocar seu single "Pride and Joy" com o mestre canhoto das seis cordas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


E-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?E-Farsas
Papa Francisco era fã do Black Sabbath?

Guns N' Roses: a família brasileira de Axl RoseGuns N' Roses
A família brasileira de Axl Rose


Sobre Breno Airan

Acima de tudo, um forte. Ser roqueiro no Nordeste é estar cercado de olhares de soslaio. Mas ele sabe ser simpático. Começou a escutar Heavy Metal ainda na barriga da mãe. A seu pai, uma verdadeira enciclopédia do estilo, deve tudo. Aos 14 anos, pediu para uma tia R$ 12 de presente de Natal, foi a uma loja de CDs usados e catou logo o "Rust in Peace", do Megadeth - em perfeito estado, inclusive. Daí por diante, a paixão só vem aumentando. É editor do blog Rock na Velha, integrante do blog Combe do Iommi e colaborador da revista alagoana Rock Meeting. Ainda tem tempo para ser jornalista e de tocar baixo em sua banda de Hard Rock, a Azul Manteiga.

Mais matérias de Breno Airan no Whiplash.Net.

WhiFin Goo336 Goo336 Cli336 GooInArt Goo336