Henry Rollins: Daft Punk e Miley Cyrus são merdas da Rolling Stone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

O multimidiático HENRY ROLLINS acaba de completar sua primeira atuação em um papel principal no cinema, e em paralelo, continua com seu programa radiofônico e sua série no History Channel, '10 Things You Don't Know About', além de sua carreira como escritor. A edição estadunidense do pasquim Rolling Stone falou com o sempre franco e carismático vocalista sobre os maiores nomes da música no ano de 2013 [os quais ele simplesmente ignora, na maior parte].

Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentaisGuns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da banda


[...]

Você prestou atenção às novidades musicais no ano que passou?

Rollins: De modo algum. Não tenho como me manter a par com todos os discos que eu compro. Eu recebo cartas dizendo, 'Cara, a música hoje em dia é uma merda'. Não no meu programa, não no meu som. Eu finalmente ouvi, detalhadamente, ao novo disco de DAVID BOWIE. Eu coloquei um par de bons fones de ouvido e sentei e ouvi aquele disco em um dia de folga.

Você amou o disco?

Rollins: É bem melhor do que eu achei quando o escutei pela primeira vez. Eu não sei por que ele usa esses bateristas de estúdio com a mão pesada pra tudo, mas as músicas são bem fantásticas nas letras e há excelentes vocais de fundo e alguns overdubs muito inteligentes. Demorou muito para eu passar a gostar do David Bowie moderno. Eu era um baita fã. Eu acordei bem cedo hoje e ouvi 'Station To Station' e fiquei boquiaberto. Aqueles discos, aqueles discos de Bowie, pra mim, são tão bons quanto um disco pode ser.

Mas enfim, o novo disco de Marnie Stern, 'Chronicles of Marnia' - eu amo esse aí. Ty Seagall é grande parte do meu programa de rádio e eu toco muito material de Ty. Eu sou um grande apoiador das gravadoras independentes. Tipo, quando eu vejo um filme, eu assisto pelo diretor. Quando eu compro um disco, geralmente é por causa da gravadora. Eu gosto dos artistas, certamente, mas há gravadoras que eu apoio, como a Castle Face, John Dwyer e sua banda Thee oh Sees. E eu compro uma cópia de tudo de Johnny. Qualquer coisa que a Castle Face lance. Eu tenho um LP e um CD de cada. Sabe, CD para o programa de rádio e pela portabilidade e o LP para ouvir.

Você seguiu algumas das coisas mais conhecidas, como Daft Punk ou 'Blurred Lines'?

Rollins: Eu nunca ouvi Daft Punk. Eu nunca ouvi uma faixa deles na minha vida. Eles são os dois caras com capacete de motoqueiro?

Sim, eles se vestem como robôs.

Rollins: Sabe, entenda isso como quiser. Pra mim, isso é música para a Rolling Stone. É a merda que aparece na sua revista. E é, tipo, esse mundo... eu fico muito feliz que vocês acharam o público de vocês, mas esse mundo me é muito distante. Qualquer coisa que vá pro Grammy ou pro American Music Awards... tipo, Miley Cyrus apareceu na capa da sua revista?

Sim...

Rollins: Sim, veja bem, eu gosto de música de verdade. John Coltrane é meu músico favorito, o que eu estaria fazendo com uma revista Rolling Stone? Me entende?

Você está pouco se fudendo pra ela.

Rollins: Bem, estou. Ela é parte daquele mundo maior da música sobre o qual acabo de falar. Tudo isso pra mim é tipo, que faça sucesso, eu não tenho nada contra ninguém fazer seu lance, mas só não é pra mim. E Robin Thicke, é esse o cara? Eu não tenho ideia de como é o som dele. Eu nunca ouvi Kelly Clarkson. Eu apenas vivo em um mundo musical diferente. [...]



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Henry Rollins"Todas as matérias sobre "Black Flag"


Henry Rollins: criticando Robin Williams por suicídioHenry Rollins
Criticando Robin Williams por suicídio

Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGNPunk Rock
Os 25 melhores discos segundo o site IGN

Sexta-feira 13: treze músicas para escutar nesta dataSexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data


Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentaisSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Guns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da bandaGuns N' Roses
Os 10 melhores não-clássicos da banda

Coincidências: Imagens usadas por grandes bandas em outras capas?Coincidências
Imagens usadas por grandes bandas em outras capas?

Iron Maiden: como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?Iron Maiden
Como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"

Iron Maiden: Run To The Hills como você nunca ouviu antesIron Maiden
"Run To The Hills" como você nunca ouviu antes

Black Sabbath: A lenda do vampiro do cemitério de HighateBlack Sabbath
A lenda do vampiro do cemitério de Highate


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.