Vinnie Paul: decepcionado com bandas "certinhas" de hoje em dia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ex-baterista do PANTERA e atual HELLYEAH, Vinnie Paul Abbott, disse que "o lado divertido do rock and roll" parece estar em falta na maioria das turnês nos dias de hoje, já que alguns músicos preferem relaxar em seus ônibus e conversar com seus entes queridos em vez de participar de um pouquinho de libertinagem, como era nos anos 80 e na maior parte dos anos 90.

Pantera: seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil AnselmoBlack Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Essas bandas por aí nos dias de hoje não são como o que costumavam ser, e isso realmente afeta a sua capacidade de fazer turnês e outras coisas", disse Vinnie durante uma aparição no podcast oficial do vocalista do HATEBREED, Jamey Jasta, "The Jasta Show". "Quer dizer, você não consegue ter o tipo de festa que o GUNS N' ROSES costumava fazer por exemplo".

Vinnie continuou: "Eu ainda bebo todas as noites e eu adoro isso, mas não seria legal eu levar um tombo no camarim do FIVE FINGER DEATH PUNCH bêbado e vomitar em cima de todo mundo, porque isso possivelmente afetaria o desempenho. As pessoas estão ficando cada vez mais certinhas com as turnês nos dias de hoje, e elas realmente não preferem o lado divertido do rock and roll. Quer dizer, é assustador para mim, cara".

Ele acrescentou: "Eu me lembro, em 1999, quando fizemos o último Ozzfest, e acho que o DISTURBED também tocou, o STATIC-X e obviamente, Ozzy e nós, e nós éramos a única banda na turnê que tínhamos bebidas. Ninguém mais tinha. E eu pensei, o que está acontecendo? Tipo, estávamos em 99. E eu estava no meio de uma turnê, e pensei, 'Cara, isso não é o que costumava ser'. Esses caras terminavam suas apresentações e iam para o ônibus jogar video game ou ligavam para suas namoradas. O que aconteceu com o rock and roll, cara? Eu vou para bares de stripers todas as noites, eu vou para bares de rock, eu toco com bandas e no final eu bebo pra caralho".

Fonte original desta matéria:
http://www.blabbermouth.net/news/vinnie-paul-i-still-drink-e...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Pantera"Todas as matérias sobre "Hell Yeah"Todas as matérias sobre "Vinnie Paul"


Pantera: seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil AnselmoPantera
seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil Anselmo

Ghost: banda toca trecho de "Walk", do Pantera, em show

Zakk Wylde: guitarrista mantém aberta chance de fazer tour de homenagem ao PanteraZakk Wylde
Guitarrista mantém aberta chance de fazer tour de homenagem ao Pantera

Clube da Música: a trágica morte de Dimebag Darrell (vídeo)Pantera: as bandas relacionadas ou derivadas do grupo texano.

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1994Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1994

Zakk Wylde para Phil Anselmo: o que você está fazendo, cara?Zakk Wylde para Phil Anselmo
"o que você está fazendo, cara?"


Black Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicosBlack Sabbath
Avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Iron Maiden: A tour de Powerslave quase acabou com a bandaIron Maiden
A tour de Powerslave quase acabou com a banda


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adGoo336