James Hetfield: "Clint Eastwood era o melhor!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Ferreira Jr., Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O METALLICA serviu como artista convidado para promover o 37º Festival Anual de Cinema de Mill Valley, que acontece entre os dias 2 e 12 de outubro nessa cidade ao norte do estado da Califórnia. Cada um dos quatro membros da banda organizou uma exibição de um filme que escolheu pessoalmente para o evento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No dia 03 de outubro, o guitarrista KIRK HAMMETT - um aficionado por filmes de terror - apresentou o filme cult de 1971 "Drácula vs Frankenstein".

No dia 06 de Outubro, o baixista ROBERTO TRUJILLO organizou a exibição de "Jaco", o documentário que ele ajudou a produzir sobre o baixista falecido Jaco Pastorius.

O baterista LARS ULRICH assumiu o controle em 7 de outubro para a exibição de "Whiplash", um novo filme indie sobre um aspirante a baterista e seu cruel professor que venceu vários prêmios em Sundance esse ano. ULRICH também entrevistou o diretor e escritos Damien Chazelle depois do filme.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O líder do METALLICA, JAMES HETFIELD apresentou em 8 de outubro o clássico do 'Faroeste Espagueti', "Três Homens em Conflito". A música principal da trilha sonora do filme serviu como tema de abertura para os shows do METALLICA por décadas.

Falando sobre "Três Homens em Conflito" durante uma sessão de debate, HETFIELD disse: "Eu não me lembro qual foi a primeira vez em que eu assisti ao filme. Eu me tornei um fã do Clint Eastwood ainda jovem, e foi um daqueles filmes que... o personagem do Clint foi um dos primeiros caras que eu quis imitar... o cara durão, frio, quieto. Na verdade eu me identifico com cada personagem do filme - o feio, o bom e o mau (aqui fazendo uma analogia ao título do filme em inglês "The Good, The Bad and The Ugly"). Sem me aprofundar muito, todos nós temos o potencial para ser um deles".

publicidade

Ele continuou: "O que eu gostei nesse filme, para mim, foi que cada um deles tem sua própria técnica de sobrevivência - como eles trafegam pelo deserto, a guerra, apenas lutando pela vida... todos eles tem sua própria maneira de fazer as coisas. E você sabe... o Clint era o melhor".

HETFIELD também falou sobre "The Ecstasy of Gold", música da trilha sonora de "Três homens em Conflito" que foi tema de abertura do METALLICA desde 1983. "Tem uma cena, 'The Ecstasy of Gold' - talvez vocês todos tenham visto, talvez não, mas lá pro final, alguma coisa acontece, e lá está um canhão e o Clint... nós meio que colocamos isso no nosso set... nós temos usado a música de abertura desse filme desde 1984, possivelmente... 1983" disse ele.

"Nós tínhamos essa fita de abertura realmente horrível que era apenas um coração batendo e ia ficando cada vez mais rápido, e então nós entrávamos. E o nosso primeiro empresário disse 'Isso enche o saco! vocês podem fazer melhor que isso'. Então ele tocou 'The Ecstasy of Gold' pra gente, e foi uma das coisas mais bacanas que nosso primeiro empresário fez. Essa foi bem a única coisa que nós mantivemos dele, um sábio conselho".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Johnny Ramone: Não era bom abrir o show do Black SabbathJohnny Ramone
"Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

Heaven & Hell: mistérios e autocensura na capa de álbumHeaven & Hell
Mistérios e autocensura na capa de álbum


Sobre Roberto Ferreira Jr.

Nascido na cidade de São Paulo, mudou-se para o interior ainda pequeno. Baterista há 20 anos, teve seu primeiro contato com a bateria aos 11 e aos 15 já tocava no no circuito underground. Atuando profissionalmente como fotógrafo e câmera man, participou da cobertura de vários shows e festivais. Algumas de suas influências musicais: Jethro Tull, Kansas, Pink Floyd, Motörhead, Black Sabbath, Rolling Stones, Iron Maiden, Rainbow, Deep Purple entre outras. Atualmente está mais focado no som setentista, mais progressivo, mas sem perder o peso do metal.

Mais matérias de Roberto Ferreira Jr. no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 WhiFin GooAdHor Goo336 Cli336 Goo336