Scelerata: entrevista com Francis Cassol no Heavynroll

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Geraldo Andrade, Fonte: Heavynroll
Enviar correções  |  Ver Acessos

A banda é uma das melhores do metal brasileiro, viveram algumas mudanças na formação, teve que se reestruturar, sem perder a qualidade de sempre, estou da falando da banda gaúcha SCELERATA.

Kirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"Metal Neoclássico: como se tornar uma estrela do gênero

Fui conversar com o baterista FRANCIS CASSOL, para saber um pouco mais sobre o "novo" SCELERATA, as mudanças, os novos integrantes e os planos para o futuro. Vale conferir!

HEAVYNROLL - Depois de algumas mudanças, a banda está de volta com uma nova formação. O que podemos esperar desse "novo" SCELERATA?

FRANCIS - Muita motivação, em primeiro lugar.

Mudanças como essas que sofremos podem abalar as estruturas de qualquer banda, mas eu e o GUSTAVO STRAPAZON tivemos muito cuidado em escolher os novos membros, portanto seguimos firmes e fortes.

O pessoal pode esperar uma banda que se mantém em alto nível e com grandes músicos e instrumentistas.

HEAVYNROLL - Muda a formação mas a banda sempre continua com músicos de alto nível, qual é o segredo disso?

FRANCIS - Olha, não é nada fácil (risos)! Músicos que se enquadram no perfil do SCELERATA são bem difíceis de encontrar porque são muitos requisitos a serem preenchidos.

Não basta tocar bem, é preciso também ser uma pessoa de fácil convivência (talvez esse seja o ponto mais importante), que compreenda o funcionamento da cena, que curta o trabalho da banda, que tenha uma boa performance de palco, foco e disponibilidade para a banda, etc.

HEAVYNROLL - Falando em PAUL DIANNO, parece que o SCELERATA definitivamente é a banda de DIANNO, quando ele vem ao Brasil. Como é isso tudo? Essa parceria com um dos maiores nomes do metal mundial?

FRANCIS - É uma grande honra, o PAUL sempre faz questão de tocar conosco, e nós ficamos muito felizes com isso.

Sempre damos o nosso melhor, seja nas semanas de preparação que antecedem as tours, seja na preocupação com o backline, estrutura da casa, etc.

E no palco, logicamente, também.

HEAVYNROLL - Qual a sua opinião dessa movimentação toda, que muitas cidades do interior estão fazendo, trazendo grandes shows, agitando a cena rock? Você acha que as grandes bandas vão começar a olhar com mais carinho para o interior do Brasil?

FRANCIS - O interior tem um potencial enorme para receber grandes shows, acredito que as cidades que têm produtores competentes acabam recebendo os grandes shows.

Tivemos boas experiências tocando no interior com o PAUL DIANNO, com grandes públicos e galera sedenta por show de rock.

Acredito que as pessoas sentem falta desse tipo de evento, e quando bem trabalhado pelo produtor local, a tendência é dar muito certo.

Leia a matéria completa no link abaixo:
http://heavynrollspace.blogspot.com.br/2014/10/scelerata-fra...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Scelerata"


Capas: confira 10 das mais belas do Rock/Metal NacionalCapas
Confira 10 das mais belas do Rock/Metal Nacional


Kirk Hammett: Mustaine toca rápido e eu, melódicoKirk Hammett
"Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Metal Neoclássico: como se tornar uma estrela do gêneroMetal Neoclássico
Como se tornar uma estrela do gênero


Sobre Geraldo Andrade

Geraldo "Gegê" Andrade é blogueiro e colaborador no Blog Heavynroll, de Caxias do Sul/RS. Iniciou sua paixão pelo rock n roll, principalmente o heavy metal, nos anos 80, quando pela primeira vez, ouviu um álbum da banda KISS. Tem um currículo com mais de 150 shows, de bandas nacionais e internacionais. Já participou como jurado em festivais de rock na cidade de Caxias do Sul. Está se tornando um especialista em entrevistas, já tendo entrevistado vários músicos nacionais e internacionais. Apoia muitas bandas do underground, pelo Brasil inteiro. Estudante de Comunicação Social - Jornalismo, na Universidade de Caxias do Sul/RS.

Mais matérias de Geraldo Andrade no Whiplash.Net.

adGooILQ