Paul Bostaph: as mídias sociais estão cheias de covardes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar Correções  

O baterista do SLAYER, Paul Bostaph, recentemente falou com Andrew Haug e um dos tópicos da discussão foi sobre os pontos positivos e negativos das mídias sociais.

Sounds Entertainment: as 100 melhores músicas do Heavy Metal

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bostaph: "Quando eu estava crescendo, se certas pessoas dissessem algo sobre mim nas ruas de onde eu vim, se você dissesse certas coisas na minha cara, você receberia um sanduíche de punhos na boca. Assim que as coisas eram. Você não falava merda das outras pessoas. Se você tivesse algo a dizer para mim, você tinha que dizer na minha cara. Este não é o mundo em que vivemos hoje. As pessoas são covardes atrás de seus computadores ou então são ‘bravos.’ Eu diria que eles só têm coragem atrás dos computadores, o que faz deles covardes."

"Veja bem, se você não pode dizer algo a uma pessoa em uma sala, você não entra na internet e vai falar isso. Então não culpe certos indivíduos por sair das mídias sociais, porque após um tempo, você está pensando: ‘Cara, o que diabos é isso? É só um bando de merda.’ Outras pessoas utilizam, eles dizem ter a casca grossa, mas depende do quão grossa é sua pele, talvez você consiga lidar com isso. Para outras pessoas, se torna um drama das mídias sociais."




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sounds Entertainment: as 100 melhores músicas do Heavy MetalSounds Entertainment
As 100 melhores músicas do Heavy Metal

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rockDe AC/DC a ZZ Top
Origens dos nomes de bandas e artistas de rock


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor