Corey Taylor: "Ganhar um Grammy não significa nada"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O vocalista do SLIPKNOT e STONE SOUR, Corey Taylor, detonou os Grammy Awards, sugerindo que o evento anual é basicamente um show na televisão com troféus sem sentido distribuídos entre os blocos.

Separados no nascimento: Ronnie James Dio e Maria Bethania

Duff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E isso tudo foi dito por mais que o KNOT tenha recebido o Grammy para "Melhor performance de metal" pelos singles "Get Inside", "Inhale" e "30/30-150".

Durante uma aparição no podcast Nerdist, Taylor falou sobre os Grammys e seu processo de votação, dizendo: "Agora a ‘melhor performance de metal’ parece que foi decidida atirando uns malditos dardos... Porque estou olhando para isso e pensando: ‘Sério?’"

Ele continua: "Quero dizer, eu fiquei empolgado quando o HALESTORM ganhou, porque eu sou um grande amigo dos caras e sei que tipo de trabalho estão fazendo. Quero dizer, eles vieram do nada, e eu fiquei muito feliz por eles. Mas sim, nesse ponto existem duas escolas de pensamento. É como, bem, nós vamos tentar votar para mais obscura banda norueguesa de black metal com uma fonte ilegível. Nós vamos ceder hoje, ou então, bem, isso é tudo que foi tocado no rádio nos últimos cinco minutos. É tipo: ‘Vamos celebrar vocês. Bla bla bla.’"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele adiciona: Pessoas velhas votam nesses prêmios. Estou convencido de que essa é a razão pela qual ganhamos. É porque uma dessas pessoas velhas falou: ‘SLIPKNOT! Eu li um artigo na revista sobre eles. Eles estão por aí. Leve o prêmio. Esses garotos de hoje em dia vão ficar felizes.’ Porque você olha pra isso e você pensa que o JUDAS PRIEST ganhou um por uma versão ao vivo de uma música que eles lançaram 40 anos atrás, e a versão ao vivo foi lançada 20 anos depois. E eles só relançaram por conta de uma coletânea. E eles recebem o prêmio? Eu fiquei: ‘O que?’"

"Não significa nada. Quero dizer, é como tentar acertar uma agulha com outra agulha. Você tem a categoria de metal, você tem a categoria de rock, e você tem bandas como o FUN ganhando. Sério? Me mostre onde o FUN é uma banda de rock."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Ronnie James Dio e Maria BethaniaSeparados no nascimento
Ronnie James Dio e Maria Bethania

Duff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixistaDuff McKagan
Anestesias não funcionam mais no baixista


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280