Vaticano: Papa convida cantora Punk para o concerto de Natal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Araújo, Fonte: Ogro do Metal
Enviar correções  |  Ver Acessos

Vinda de uma família onde o pai era ateu, e a mãe testemunha de jeová, Patti Smith, que trouxe um lado feminista e intelectual à música punk desde o seu álbum de estreia (Horses em 1975), foi convidada pelo Papa Francisco para cantar no concerto anual de Natal do Vaticano.

Alice in Chains: mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs HereOzzy Osbourne: dando "chega mais" em Mônica Apor na coletiva

Aliás, esse negócio da Igreja achar que Rock é coisa do diabo, parece que já ficou para trás, visto que em 2010, através um artigo do jornal "L'Osservatore Romano", o Vaticano elegeu os melhores álbuns de todos os tempos, e o primeiro lugar ficou com "Revolver", lançado em 1966 pelos Beatles.

Confira a lista.

1- The Beatles: Revolver
2- David Crosby: If I Could Only Remember My Name
3- Pink Floyd: Dark Side Of The Moon
4- Fleetwood Mac: Rumours
5- Donald Fagen: The Nightfly
6- Michael Jackson: Thriller
7- Paul Simon: Graceland
8- U2: Achtung Baby
9- Oasis: (What's the Story) Morning Glory?
10- Carlos Santana: Supernatural

Vale lembrar que em 1997, o papa Bento XVI se opôs a que Bob Dylan se apresentasse num evento para jovens com o falecido papa João Paulo II, porque considerava o músico o tipo errado de "profeta."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Patti Smith"


Vaticano: católicos enfurecidos com cantora punk no NatalVaticano
Católicos enfurecidos com cantora punk no Natal


Alice in Chains: mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs HereAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs Here

Ozzy Osbourne: dando chega mais em Mônica Apor na coletivaOzzy Osbourne
Dando "chega mais" em Mônica Apor na coletiva


Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N' Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo no Whiplash.Net.

adGooILQ